Publicidade
Esportes
Futebol

Além deste domingo, Flamengo e Vasco já se enfrentaram outras três vezes em Manaus

Relembre! O Clássico dos Milhões ocorreu pela primeira vez na capital amazonense no dia 3 de fevereiro de 1980, depois em 20 de julho de 1996 e, por último, em 21 de janeiro de 2015 23/04/2016 às 12:24 - Atualizado em 23/04/2016 às 13:15
Show iu
Em 1996, o Vasco de Juninho Pernambucano e o Fla de Nélio fizeram um jogo eletrizante e cheio de lances quentes no Vivaldão
Adan Garantizado Manaus

Vasco e Flamengo também já protagonizaram alguns clássicos na capital amazonense. Nenhuma, entretanto, valeu tanto como a de amanhã, que definirá o primeiro finalista do Campeonato Carioca 2016.

A primeira vez em que o “Clássico dos milhões” aconteceu no Estado foi no dia 3 de fevereiro de 1980. Na época, foi idealizado o torneio “José Fernandes”, que foi disputado em um triangular entre Flamengo, Vasco e o Nacional. 

A estreia

Na estreia, o Bacalhau já havia vencido o Naça por 2 a 0 e colocaria as mãos no título se batesse o Urubu.

O Vasco contava com o goleiro Mazaropi, que três anos depois seria campeão do mundo com o Grêmio. Mas as grandes atrações da equipe eram o meia Paulo César Caju, tricampeão do mundo com a Seleção Brasileira em 1970 e o atacante Roberto Dinamite, maior artilheiro da história do Bacalhau e que recentemente, teve uma questionável passagem pela presidência cruzmaltina.

Já o Flamengo tinha em seu elenco boa parte da base que seria campeã do mundo e da Libertadores no ano seguinte. Raul, Rondineli, Júnior, Andrade, Júlio Cesar e Zico atuaram contra o Vasco. Zandonaide fez o gol que garantiu o título e a volta olímpica vascaína no Vivaldão.

Festa em 1996

O Vasco voltou a vencer o Flamengo em Manaus em um eletrizante amistoso no dia 20 de julho de 1996, no Vivaldão. O placar foi 3 a 2 para os cruzmaltinos, que eram comandados por Carlos Alberto Silva.

Juninho Pernambucano abriu o placar com um golaço aos 15 minutos do 1º tempo. Ele viu o goleiro Roger adiantado e acertou um chutaço no ângulo esquerdo. O folclórico Aloísio Chulapa deixou tudo igual aos 25.

Válber recolocaria o Vasco em vantagem aos 35. No segundo tempo, o Fla chegou ao empate com Marques, de pênalti, aos 20. Mas, Vitor Pereira, de falta, aos 35 garantiu a nova vitória cruzmaltina no Amazonas.

Urubu na Arena

O Flamengo só conseguiu vencer o Vasco em Manaus após o Vivaldão dar lugar a Arena da Amazônia. Em 21 de janeiro de 2015, o Rubro-Negro bateu o Bacalhau por 1 a 0, gol marcado por Everton, aos 25 minutos do primeiro tempo.

A partida foi válida pelo torneio amistoso Super Series, que acabaria sendo conquistado pelo Mengo (o São Paulo também disputou a competição amistosa).

Muita gente em 2015

Do último clássico em Manaus, permanecem nos atuais elencos de Fla e Vasco: Paulo Victor, Wallace, Márcio Araújo, Canteros. Everton e Cirino (pelo Urubu) e Martín Silva, Luan, Rodrigo e Julio dos Santos pelo Bacalhau.

Guerrero na Arena

O peruano Paolo Guerrero, do Flamengo, vai disputar o clássico pela primeira vez em Manaus. No entanto, Guerrero já escreveu seu nome na história da Arena da Amazônia. Ele é o primeiro jogador estrangeiro a anotar um gol no estádio, no dia 30 de abril de 2014.

Na ocasião, Guerrero defendia o Corinthians e fez o segundo gol da vitória do Timão por 3 a 0 sobre o Nacional, pela Copa do Brasil. O gol ainda representou a quebra de um jejum de 100 dias sem gols do peruano no clube paulista.

Publicidade
Publicidade