Publicidade
Esportes
SÉRIE B

Clipper denuncia Sul América no TJD/AM por escalação irregular de atletas

Segundo departamento jurídico do Águia Dourada, time do Trem da Colina utilizou dois atletas de forma irregular na partida em que perdeu por 4 a 1 na abertura do Barezão da Série B 01/10/2018 às 20:26 - Atualizado em 01/10/2018 às 20:37
Show 20180930092530img 6080 9df11f12 28ac 4311 937c 4e4090d7e140
Goleiro Luciano Junio teria atuado sem vínculo com o Sul América (Foto: Site FAF)
Denir Simplício Manaus (AM)

O Campeonato Amazonense da Série B mal começou e já vem polêmica chegando por aí. Líder da competição, com três pontos, o Sul América deve ser denunciado por escalação irregular de atletas e pode perder os pontos conquistados na goleada sobre o Clipper, em jogo válido pela primeira rodada do torneio.

O duelo entre o Trem da Colina e a Águia Dourada, disputado no sábado (29), no estádio Carlos Zamith,  terminou 4 a 1 para a equipe do bairro Glória, com dois gols do veterano atacante Marinho. No entanto, de acordo com a diretoria do Clipper, o departamento jurídico do clube encontrou duas irregularidades quanto à escalação do Sul América.

“Segundo nosso departamento jurídico, dois atletas estavam irregulares no jogo de sábado. Foi feito um levantamento rigoroso perante o sistema da CBF, o BID, e na visão do nosso jurídico, realmente os dois estão irregulares”, apontou o presidente do Clipper, Ronaldo Bonta, confirmando que o clube já entrou com denúncia junto ao Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD/AM).

“Protocolamos hoje (ontem) a petição, já foi pago o recurso e vamos esperar agora a resposta do Tribunal”, disse.

Os atletas em questão são o goleiro Juliano Junio de Souza e o atacante Andryl Rodrigues de Lima Queiroz. Segundo o departamento jurídico do Clipper, o arqueiro do Sulão atuou sem vínculo com o clube. O contrato de Juliano com o Sul América foi encerrado em 13 de setembro passado e não foi renovado. Já no caso do centro-avante Andryl, o Clipper acusa o atleta do Sul América de não ter registro junto ao BID (Boletim Informativo Diário). Na denúncia, a diretoria do Clipper pede os pontos da partida em que foi goleado.

 Caso o TJD/AM aceite a denúncia,  o Sul América pode perder os pontos do jogo mais três pontos por cada atleta irregular. Ou seja, o Sulão pode iniciar a segunda rodada com seis pontos negativos. A reportagem do CRAQUE entrou em contato com a diretoria de futebol do Trem da Colina, mas até o fechamento desta edição não obtivemos resposta. 

 Líder da Série B, o Sul América volta à campo nesta quarta-feira (3), quando enfrenta o Holanda, às 18h, na Colina. Já o Clipper entra em campo logo depois, às 20h, quando encara o Tarumã, no mesmo local.

Publicidade
Publicidade