Sábado, 31 de Outubro de 2020
Jogo

Clipper vence Atlético-AM por 3 a 0 na estreia da Segundona

Os gols da Águia Dourada foram marcados por Raílson no primeiro tempo e Lucas Mota duas vezes no segundo



122082980_10224300126235325_6882510994514177747_o_C7FB5973-33EA-4FEF-8B8D-0A5F592A08E0.jpg Foto: Junio Matos
17/10/2020 às 17:58

Começou positivo o caminho do Clipper para voltar à elite do Barezão após 14 anos. Com vitória por 3 a 0 sobre o Atlético Amazonense na tarde desta sábado (17), no estádio Carlos Zamith, as Águias Douradas somaram os seus primeiros três pontos na Série B. Os gols do partida foram marcados por Raílson aos 45 do primeiro tempo, e Lucas Mota aos 22 e 27 da etapa final.

Primeiro jogo



O jogo começou com o estreante tomando a iniciativa. O volante Bruno recebeu na entrada da área e sem marcação, mas chuta sem força e a defesa do Clipper tira o perigo. Aos dois minutos, as Águias Douradas respondem com Jonathan Brunno, o atacante ganha de Bruno Ferreira no corpo e finaliza com força, mas o goleiro Kaike do Pitbull espalma afastando o lance perigoso. O Clipper chegou de novo aos oito, quando Jonathan Brunno divide com Kaike dentro da área, consegue ter a vantagem sobre o goleiro, mas fica indeciso no momento do chute e desperdiça a chance. Segundos depois, na sequência da jogada, o atacante do Clipper volta a ter uma oportunidade, finaliza de fora da área, mas o goleiro do Atlético-AM defende em dois tempos.

O Clipper seguiu sendo mais perigoso. Sentindo o forte calor manauara, os jogadores do Atlético recuaram e passaram a oferecer chances ao time do técnico Sidney Bento. Em descida de Alberto, o lateral coloca com precisão na cabeça de Jonathan, que cabeceia sem direção por cima do gol. A melhor chance do Atlético Amazonense foi quando Rogério Pedra achou Denner dentro da área e sem marcação, mas o atacante tenta cobrir o goleiro e acaba perdendo uma grande chance de abrir o placar.

E quando o primeiro tempo caminhava para um zero a zero, o zagueiro Bruno faz falta forte em Antony dentro da área e comete pênalti. Na cobrança, Raílson cobra no canto direito do Kaike, que ainda acerta o canto, mas a bola bate caprichosamente na trave e morre no fundo das redes.

Segundo tempo

A etapa complementar começou como terminou o primeiro, o Clipper no controle das ações ofensivas. Logo aos três, Carlos Eduardo chutou de fora da área e Kaike encaixou. Aos oito minutos, Railson cobra escanteio e Luan sobe mais que toda a defesa do Pitbull, mas a bola passa com perigo por cima. A melhor oportunidade do Atlético-AM na segunda etapa foi quando Matheus Brito recebe na entrada da área de Denner, tenta o voleio e a bola passa com perigo da meta do goleiro Ícaro.

Com mais organização e volume de jogo, o Clipper chegou ao segundo gol. Terlisson que entrou pelo lado direito no lugar de Kelve, avançou pela ponta, rolou rasteiro para área e encontrou Gabriel Renan, que recua para Felipe Boca chuta, o goleiro Kaike rebater, e Lucas Mota aproveitar a sobra dando uma casquinha de cabeça.

Com confiança e mais inteiro na partida, o Clipper chegou ao terceiro gol após Terlisson avançar pelo lado direito e achar Lucas Mota, que dividiu a bola com o jogador da sua própria equipe, Railson, mas consegue vencer o goleiros Kaike.

Confusão e expulsões

Perto dos 40 minutos, o zagueiro Franklin acerta cotovelada no centroavante Terlisson, mas só recebo o cartão amarelo. A ação revoltou os jogadores do Clipper que foram pra cima do árbitro pedindo o cartão vermelho. Em seguida, uma confusão inicia envolvendo atletas das duas equipes, o resultado foi a expulsão de Terlisson pelo lado das Águias e Rogério Pedra para o Pitbull.

 

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.