Publicidade
Esportes
Craque

Coca-Cola lança campanha para escolher condutores da tocha olímpica dos Jogos do Rio 2016

Após divulgar os primeiros condutores da tocha, a Coca-Cola lançou uma promoção para escolher mais 2,4 mil brasileiros para conduzir a tocha olímpica 13/08/2015 às 09:33
Show 1
O ex-capitão da seleção de vôlei do Brasil foi o primeiro brasileiro confirmado para a condução da tocha
Anderson Silva Rio de Janeiro (RJ)

Patrocinadora das Olimpíadas 2016, a Coca-Cola apresentou, na quarta-feira (12), na sede da empresa no Rio de Janeiro, os primeiros condutores da tocha olímpica, que vão ter o prazer de iniciar a caminhada da chama olímpica pelo País, a partir de maio do ano que vem. O campeão olímpico de vôlei em Atenas 2004, Nalbert, e a primeira brasileira a participar de um revezamento da Tocha nos jogos de Barcelona 1992, Lara Leite, foram os convidados pela empresa. O jovem artista Jobson Junior, 20, e o pequeno Gabriel Rocha, 13, com paralisia cerebral, foram os selecionados pelo critério “Isso é Ouro”.

Parceira do Comitê Olímpico Internacional (COI) desde e a edição dos jogos de Amsterdam, em 1928, a empresa quer promover o espirito olímpico, assim também como escolher mais de duas mil pessoas que irão participar do revezamento da tocha em todo o País.

“O ‘Isso é Ouro’ pra gente são pessoas que têm histórias fortes, impactantes sobre movimentos. Pessoas que espalham felicidade através do movimento. Lançamos essa campanha e tivemos a chance de indicar as primeiras quatro pessoas que exemplificam essas questões. É um enorme prazer fazer com que todos os brasileiros que tenham uma história possam entrar no site e se inscrever”, afirmou o vice-presidente da Coca-Cola para os Jogos Olímpicos Rio-2016, Flávio Camelier.

A campanha “Isso é Ouro” irá escolher parte dos 2,4 mil brasileiros para serem condutores do revezamento da tocha para a Rio-2016. O evento terá 90 dias de duração e passará por cerca de 250 cidades das cinco regiões do país. Para isso basta acessar o site www.cocacola.com.br.

Eles são ouro

Na apresentação dos condutores, os convidados puderam conhecer e se emocionar um pouco do exemplo de vida de Gabriel.  Rodrigo Rocha, 36, - pai de Gabriel - não se deixou se abater pelos problemas de saúde do filho e foi no esporte, nas meias maratonas de ruas, que ele e o filho descobriram a superação e a paixão pelo esporte.

“A primeira corrida foi na cadeira de roda, aí fomos para o triciclo e começamos com corridas de 5 e 10 quilômetros. Depois expandimos e já temos maratonas, duas meias maratonas, São Silvestres e partir do feito na maratona eles (Coca-Cola) nos viram pela internet e fizeram esse convite pra gente. É muito bom e muito gostoso”, disse o pai feliz da vida falando da escolha ocorrida na semana passada.

“Tenho comentado: Muito mais do que alguns méritos que estão nos dando é ver o contato de outros pais agradecendo e falando que se motivaram e querem fazer a mesma coisa. Isso é o que mais está valendo pra gente”, declarou emocionado.

O Pernambucano Jobson Junior, além de se tornar garoto propaganda da nova campanha publicitária ao lado do icônico Urso Polar, precisou de muita ralação para ser um escolhido. Morador de comunidade do Rio de Janeiro, o jovem desde cedo aprendeu a dançar, tocar e atuar. O amor pela arte sentenciou a participação do jovem, que ao lado da Lara Leite é um dos quatro selecionados para carregar a chama dos Jogos.

Nalbert no revezamento

Aposentado das quadras, o ex-capitão da seleção brasileira de vôlei masculino, Nalbert, vai continuar fazendo história, só que agora  fora das quadras.

“Não há uma oportunidade melhor pra gente divulgar os valores olímpicos, a prática do esporte. Minha história foi bem escrita, tudo aconteceu da melhor maneira, lógico que uma Olimpíada em casa é especial. Desejo a melhor sorte do mundo para os atletas brasileiros que vão ter esse privilégio. Meu momento é outro, é de levar a tocha; e a sensação é como se fosse de levar uma medalha”, afirmou.

Publicidade
Publicidade