Publicidade
Esportes
BRASIL X COLÔMBIA

Colômbia treina em clima de mistério em Manaus para confronto com o Brasil

Seleção colombiana realizou treinamento na noite deste domingo (4), no estádio Ismael Benigno, porém permitiu apenas 15 minutos de treino aberto à imprensa. Time entrará em campo com dois desfalques 04/09/2016 às 20:11 - Atualizado em 04/09/2016 às 21:54
Show col mbia
Seleção do craque James Rodríguez treinou no gramado do estádio (Foto: Evandro Seixas)
Thaissa Cordeiro Manaus (AM)

A seleção colombiana realizou seu segundo treinamento na capital amazonense na noite deste domingo (4), no estádio Ismael Benigno (Colina), localizado na Zona Oeste de Manaus. O time de James Rodríguez pouco mostrou. Foram cerca de 15 minutos de treino aberto à imprensa. A Colômbia enfrenta o Brasil nesta terça-feira (6), a partir das 20h45 (horário de Manaus), na Arena da Amazônia.

No treino, a seleção dos ‘Los Cafeteros’ pouco mostraram, apenas trabalharam a parte física, e alguns toques de bola. Um dos principais nomes do time colombiano, o goleiro Ospina, falou sobre o reencontro com o Brasil. A última vez que as equipes se enfrentaram foi na Copa América em 2015, em que a seleção colombiana venceu por 1 a 0, nesse jogo, Neymar se meteu em confusão e pegou quatro jogos de gancho.


“Foi um jogo muito difícil, mas, sabemos que todos os jogos são diferentes. Hoje encontramos uma Seleção Brasileira com novo corpo técnico, sabemos da história que tem o Brasil, dos jogadores que tem, então estamos esperando um jogo muito difícil”, disse.

 O arqueiro comentou sobre as bolas paradas, que é um dos trunfos do Brasil para a conquista da vitória, segundo ele,  elas não devem ser a principal preocupação. “Eu acredito que tem que trabalhar tudo, tem que estar atento a todos os aspectos, eles tem jogadores muito importantes, em qualquer momento podem mudar o jogo, então temos que estar muito atentos a tudo”, destacou.

Ospina revela que o time colombiano não cairá em qualquer provocação dos brasileiros, principalmente as do atacante Neymar. “Eu acredito que é necessário ter muita tranquilidade dentro do campo, tem que ter muita inteligência. Sabemos, primeiro a capacidade que tem o Neymar futebolisticamente, então eu acredito que não devemos sair daí, e fazer nosso trabalho da melhor forma”, comentou o goleiro.

Sem provocações
O jogador Juan Cuadrado, meia da Juventus, também fala que não aceitará provocações, seja dentro ou fora de campo. “Todos conhecemos e sabemos da capacidade que tem o Brasil. Mas não devemos ficar pensando só neles. Temos que estar atentos ao nosso jogo e preparação. Não cairemos em provocações. Vamos procurar segurá-los, porque jogadores de alto nível sempre trazem perigo”, disse o meia.

No jogo contra o Brasil, o time não poderá contar com o atacante Téo Gutierrez, um dos grandes nomes do elenco, que ficou na Colômbia para se recuperar de uma lesão muscular. Daniel Torres também não viajou com o elenco por estar pendurado.https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

Publicidade
Publicidade