Publicidade
Esportes
FESTA INCOMPLETA

Com 25 mil pessoas na Arena da Amazônia, Iranduba perde para o Santos por 2 x 1

Grande público foi conferir a partida válida pelo jogo de ida das semifinais do Brasileiro na categoria feminina 29/06/2017 às 22:25 - Atualizado em 29/06/2017 às 22:33
Show arena
Fotos: Antônio Lima
Denir Simplício Manaus (AM)

Foi lindo de ser, mas dessa vez não deu pro Hulk. Com a presença de mais de 25 mil torcedores, a equipe feminina do Iranduba perdeu de virada para o Santos em partida válida pelo jogo de ida das semifinais do Brasileiro da categoria.  Mayara abriu o placar para as Guerreiras do Hulk no início do jogo e Maria, no fim da primeira etapa, e Ketlen, no início do segundo tempo deram números finais ao duelo. A partida da volta acontece no dia 8 de julho, às 14h (Manaus), na Vila Belmiro, São Paulo, e só uma vitória leva o time amazonense à final do campeonato.                       

O Hulk inicia a partida pressionando a saída de bola das santistas e a pressão dá certo. Kamilla arruma espaço pela direita do ataque e rola pra Mariana tentar o chute que explode na zaga do Santos.                       

Somente aos 8 minutos o Santos pintou no ataque por intermédio de Katiuscia, que chegou na linha de fundo de cruzou para a tentativa de cabeceio de Ketlen. Rubi pegou fácil.                        

 Aos 10min, falta na intermediária do ataque do Iranduba. Djeni rola para Mari que arrisca de longe, mas a goleira Dani segura firme.                       

Aos 12 minutos a Arena da Amazônia explode. Mayara recebe na entrada da grande área e acerta um chute precioso, no ângulo da arqueira Dani, que nada pode fazer. Iranduba 1 x 0 Santos.                       

A essa altura do jogo a torcida do Hulk já havia tomado todo o anel inferior da Arena e começava a invadir a parte superior do estádio em mais uma prova de o amazonense abraçou de vez o futebol feminino.                       

Mas as Sereias estão vivas e foram pra cima do Hulk. Aos 18min, a atacante argentina Sole invadiu pela esquerda e tentou a finalização, mas a zagueira Sorriso estava atenta e evitou o chute.                       

Aos 21min, as Sereias da Vila começam a apelar exaustivamente pro jogo aéreo.  Bola lançada na área por Maria e Rubi sobe pra tirar da cabeça da grandalhona Sole. Na sequência, confusão na área do Iranduba e Monalisa afasta o perigo.                       

Aos 30min, as Guerreiras do Hulk trocam passes pela esquerda Monalisa cruza na pequena área.  Dany Helena sobe mais alto e toca perto do ângulo da goleira Dani.                       

Aos 32min, um banho de água fria na torcida do Hulk. Maria, convocada para a Seleção Brasileira ao lado de Maurine, arrisca da intermediária do campo do Iranduba e acerta belíssimo chute no  canto direito de Rubi que não alcançou.  Tudo igual na Arena: 1 a 1.                     

Aos 35min, as meninas do Iranduba parecem ter acusado o golpe e o Santos cresce no jogo. Mais uma vez Maria assustou a meta da goleira Rubi que tenta ganhar tempo e acalmar a equipe.                       

Aos 40mim, o Hulk tenta voltar pro jogo. A volante Driely carrega desde a defesa e sem opções de passe arrisca o chute que passa longe da meta santista.                       

Segundo tempo                       

A segunda etapa começa com o Hulk diferente. Sai Dany Helena e entra Vitoria Almeida.  Mo entanto,  a mudança maior se deu aos 3 minutos de jogo quando as Sereias trocaram passes aéreos e Ketlen aproveitou para cobrir a goleira Rubi e virar o marcador a favor do Santos. Guerreiras do Hulk 1 x Sereias da Vila 2.                       

O Iranduba segue sofrendo com o jogo aéreo da argentina Sole. A atacante santista dividiu no alto com a goleira Rubi e por pouco Ketlen não faz o segundo dela no jogo e o terceiro das Sereias.                       

Aos 13min, o Hulk parte pra cima do Santos. Kamilla é derrubada na entrada da área do Peixe e na cobrança a goleira Dani se  confunde com suas defensoras. A bola sobrou para Vitória que chuta, mas a bola explode na zaga santista.                       

Aos 21min, blitz do Hulk em cima da zaga do Santos. Por cerca de dois minutos um bate rebate intenso na cozinha do Peixe que só terminou quando Vitória chutou e a zagueira Camila conseguiu espanar. Pressão do Iranduba pelo empate.                       

O técnico do Hulk, Sérgio Duarte, resolve por o Iranduba de vez pra cima das Sereias. Aos 27min, sai Mari e entra a pequena Micaelly Brazil.                       

Aos 28min, Dani Silva perde grande chance de ampliar pro Santos. A bola bate na rede pelo lado de fora e quase mata a torcida do Hulk do coração. P Iranduba sai todo pro ataque em busca do empate e se expõe atrás.                       

Aos 33min, sofrimento das Sereias. Micaelly bate escanteio na cabeça de Sorriso que acerta a trave. Na sobra, a goleira Dani soca pra fora e salva o Peixe.                       

Aos 43min, a ex-Iranduba Tayla Carolina volta a pisar no gramado da Arena da Amazônia depois de mais de um ano. A zagueira, agora no Santos, rompeu tendão de Aquiles jogo contra o Flamengo no Brasileiro do ano passado e está  retornando aos campos.                       

Publicidade
Publicidade