Publicidade
Esportes
Craque

Com 34 pontos, Fast e Princesa do Solimões brigam pela vice liderança do Amazonense

Empatados na tabela e com seis pontos em jogo, as duas equipes podem ter as posições alteradas ao fim da última rodada 19/05/2015 às 09:39
Show 1
Fast e Princesa estão empatados na tabela, mas critérios de desempate do campeonato pode mudar o vice colocado do Barezão
Camila Leonel Manaus (AM)

Faltando duas rodadas para o fim da primeira fase do Campeonato Amazonense, a briga  no G-4 segue acirrada. Tirando o líder do campeonato, Nacional - com 35 pontos, 11 a mais do que o segundo colocado, Fast -  a disputa pelo segundo lugar está totalmente aberta já que o Fast Clube e o  Princesa do Solimões, segundo e terceiro colocado respectivamente, possuem os mesmos 34 pontos. 

O que coloca o Rolo Compressor à frente do Tubarão de Manacapuru é o número de vitórias, mas caso as duas equipes vençam as suas duas partidas e cheguem à 18° rodada com 40 pontos, a posição das equipes  mudará.

De acordo com o artigo 12° do Campeonato Amazonense, no caso de duas equipes empatarem no número de pontos ganhos, o primeiro critério de desempate, ao final das 18 rodadas, é o confronto direto.

“Na hipótese e somente nesta, de acontecer empate entre apenas 02 (duas) entidades no número de pontos ganhos obtidos pelas mesmas ao final da Primeira Fase (Classificatória), será utilizado o seguinte critério, para o desempate: a) Confronto direto; b) Maior número de vitórias; c) Maior saldo de gols; d) Maior número de gols prós; e) Sorteio”.

 Com isso, caso persista o empate entre Fast e Princesa, o Princesa do Solimões terminaria a fase classificatória em segundo já que venceu as duas partidas disputadas contra o Fast ( 2 a 1, no primeiro turno e 1 a 0 no segundo turno).

A vantagem para o primeiro e segundo colocado na fase final do Barezão é poder disputar a partida de volta em seus domínios. Além disso, os detentores da vantagem jogam por dois resultados iguais, podendo ser dois empates ou empate no saldo de gols. Por exemplo, se no primeiro jogo o resultado for 3 a 1 para o segundo colocado e o segundo jogo for 3 a 1 para o terceiro colocado, ao final das duas partidas, o classificado será a equipe que ficou em segundo lugar e possui a vantagem.

Vencer e vencer

Para o treinador do Princesa do Solimões, a estratégia é simples: vencer os dois jogos. “A estratégia é bem simples: vencer os dois jogos para não depender de tropeços do Fast, porque mesmo que eles vençam, nós ficamos em segundo”, disse.

Mesmo tendo vencido os dois jogos que disputou contra o Fast, Zé Marco garante que isso não significa nada.

“O fato da gente ter vencido os dois confrontos não significa nada. São mais dois confrontos que vamos ter que jogar muito mais do que jogamos na primeira fase. Até porque sabemos que eles terão nos estudado e tentarão jogar nas áreas que viram que somos falhos”, disse.

Confrontos

Nas duas últimas rodadas, o Fast terá pela frente o Nacional, no clássico “Pai e Filho”, na quinta-feira (21), às 20h, no estádio Ismael Benigno, a Colina, Zona Oeste de Manaus e no domingo (24), às 16h joga contra o Rio Negro, Às 16h, no estádio Carlos Zamith, Zona Leste.


Publicidade
Publicidade