Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021
Brasileirão

Com ajuda do Floresta, Manaus garante vaga no quadrangular da Série C

Gavião Real acabou não fazendo sua parte e perdeu neste sábado (25) por 2 a 0 para o Paysandu, na última rodada do grupo A



WhatsApp_Image_2021-09-25_at_18.12.38_7109D6AD-6934-46AE-ACCB-7CE8CEFDFEA3.jpeg Foto: João Normando / FAF
25/09/2021 às 18:41

Mesmo sem vencer as últimas três rodadas da Série C, o Manaus conseguiu garantir sua vaga no quadrangular da Série C. A derrota por 2 a 0 para o Paysandu-PA, na tarde deste sábado (25), no estádio Curuzu, pela última rodada da primeira fase, não foi o suficiente para tirar a equipe amazonense da próxima fase do certame nacional, já que o Ferroviário-CE foi derrotado para o Floresta-CE pelo placar de 1 a 0.

O resultado deixou o Manaus com 26 pontos e na quarta colocação da chave. No quadrangular, ele terá a companhia do Tombense-MG, Grêmio Novorizontino-SP e Ypiranga-RS.

PRIMEIRO TEMPO

Com menos de 30 segundos, Rafhael Lucas dominou a bola pelo lado esquerdo, chutou com força, mas a bola subiu por cima do gol de Victor Souza. Na resposta dos mandantes, em jogada de efeito dentro da grande área, Rafael Grampola tentou emendar uma bicicleta, mas a bola foi torta pra fora. Aos 5, após cruzamento de Rildo, a bola chegou na grande área para Robinho completar na diagonal, mas acabou não alcançando a bola e a deixando sair pela linha de fundo. Um minuto depois, em cobrança de escanteio de Daniel Costa, Gilson Alves desviou para o segundo pau, Rafhael Lucas chegou finalizando, mas, sem apoio, acabou mandando a bola pra fora.

Melhor no início da partida, o Paysandu abriu o placar. José Aldo acertou passe por trás da defesa, Rildo ganhou de Edvan na velocidade, invadiu a área e completou para o gol. Com 15 minutos, depois de cruzamento na grande área, a defesa do Papão tirou parcialmente, Ronaell pegou a sobra e chutou de fora da área, mas a bola saiu sem direção por cima do gol. Aos 27, Ronaell colocou a pelota na grande área, Rafhael Lucas triscou com a cabeça, a bola passou pela frente da defesa, Denilson até tentou alcançar, mas acabou não conseguindo, desperdiçando mais uma oportunidade pro Gavião.

Pressionando mais e precisando buscar o placar, o Manaus rodeava o campo de ataque. Na jogada em que a equipe amazonense fez o goleiro do Paysandu trabalhar, Denilson achou Gilson Alves na entrara da área, que dominou na perna direita e chutou forte, o arqueiro bicolor caiu bem para fazer grande defesa. Antes do intervalo, em uma das raras descidas do Paysandu após abrir o placar, José Aldo recebeu passe na entrada da área, engatilhou para bater, mas acabou errando na dose e a bola subiu por cima do gol de Gleibson.

SEGUNDO TEMPO

Precisando do empate, o Manaus partiu pra cima. Aos 3, Edvan desceu com perigo pela direita, cruzou forte, mas Victor Souza caiu para fazer a defesa. Desta vez, aos 7, o lateral Edvan apareceu de frente pro gol, chutou forte, mas Victor defendeu outra vez e evitou o empate esmeraldino. Aos 14, de novo pelo lado direito, Edvan colocou no segundo pau, Gabriel Davis apareceu sem marcação e testou, a bola foi por cima do gol.

Mas no momento em que o Manaus pressionava para empatar a partida, veio o castigo. Danrlei recebeu pelo lado esquerdo do ataque, puxou pra perna direita e chutou colocado, a bola acertou o ângulo de Gleibson, sem chance pro arqueiro esmeraldino. O gol veio como um balde de água fria e a partida foi burocrática até os seus minutos finais. Ainda sim, com a ajuda do Floresta, o Manaus conquistou vaga para a segunda fase da Série C.

 

FICHA TÉCNICA

Paysandu 2 x 0 Manaus (18ª rodada do Campeonato Brasileiro - Série C)

Local: Curuzu

Data: 25 de setembro de 2021, domingo

Horário: 16h00

Árbitro: Rafael Carlos Salgueiro Lima (AL)

Gols: Rildo (11', 1°T), Danrlei (19', 2°T) - (PSC)

 

Paysandu: Vitor Souza; Marcelo (Ratinho), Perema, Denilson e Diego Santos; Jhonnatan, Marino e José Aldo (William Fazendinha); Robinho, Rildo (Laércio)e Rafael Grampola (Danrlei)

Técnico: Roberto Fonseca

 

Manaus: Gleibson; Edvan, Luis Fernando, Marcelo Augusto e Ronaell; Derlan (Júlio Rusch), Gilson Alves, Gabriel Davis (Guilherme Pira) e Daniel Costa; Rafhael Lucas (Anderson Paraíba)e Denilson (Vitinho)

Técnico: Evaristo Piza



Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.