Publicidade
Esportes
Corinthians

Corinthians: Rodriguinho não dispensa uma cerveja, mas diz que tem responsabilidade

Após o ex-presidente do clube, Andrés Sanchez, dizer que o jogador já treinou de ressaca, o jogador respondeu sobre o assunto com bom humor 21/10/2016 às 13:27 - Atualizado em 21/10/2016 às 13:55
Show rodrigo
O jogador declarou que em caso de vitória no domingo, a cerveja está liberada (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
acritica.com Manaus (AM)

O meia Rodriguinho, do Corinthians, deu coletiva no CT Joaquim Grava nesta sexta-feira (21), um dia após o ex-presidente do clube, Andrés Sanchez, declarar que o jogador já chegou de ressaca ao treinos do Timão, em 2009. Com bom humor, ele respondeu as perguntas dos jornalistas, para esclarecer o assunto.

“Primeiro eu fiquei na dúvida, não sabia a repercussão que iria tomar, me convenceram a falar, estava na dúvida e achei bem vir esclarecer”, disse.

Assim como não fugiu das perguntas, o jogador também admitiu que sai às vezes e toma uma cervejinha. Porém, enfatizou que tudo é feito com responsabilidade.

“Lógico que tem que ter responsabilidade, sabendo que não posso beber na concentração e jogar no outro dia, isso seria inadmissível. Estava com um amigo médico esses dias, ele estava bebendo de noite e perguntei: "você não vai trabalhar? Ele falou que tinha uma cirurgia. Era uma responsabilidade no outro dia mas achou que normal, seria capaz de fazer normalmente, sem problemas para ele. Se conseguir fazer da forma como faço sempre, com minhas responsabilidades, sem problemas”, explicou.

As explicações do jogador têm motivo: ele se preocupa com a repercussão do assunto entre a torcida. Quanto à Andrés, ele evitou criticar o ex-dirigente e disse que o treinador fala o que pensa por ser”um cara espontâneo.

“Exatamente essa é a preocupação de como as pessoas vão reagir quando sai uma notícia dessas. Alguns entendem e outros não, estou aqui fazendo meu trabalho sério, levo muito a sério vestir a camisa e honrar, nunca faltei ou deixei de fazer trabalho por alguma coisa e dentro de campo tento fazer o melhor para ajudar o clube”.

O Corinthians enfrenta o Flamengo no domingo (23), no Maracanã, e disse que em caso de vitória, a cerveja estará liberada.

“Está liberada (a cerveja), sim. Mas tem de falar com quem manda. Para quem gosta, está liberado. Vamos chamar vocês (jornalistas) também!”, declarou.

Publicidade
Publicidade