Publicidade
Esportes
SEGUNDA VITÓRIA

Com dois gols de Arthur, Rio Negro derrota o Manaus pelo Barezão 2017

Foi a segunda vitória do Galo no Campeonato Amazonense 2017. O time soma agora seis pontos. Já o Gavião segue sem pontuar 21/03/2017 às 21:23 - Atualizado em 21/03/2017 às 21:36
Camila Leonel Manaus

Com dois gols de Arthur, o Rio Negro venceu o Manaus, no estádio Ismael Benigno, Zona Oeste de Manaus, na noite terça-feira (21). Foi a segunda vitória do Galo no Campeonato Amazonense 2017. O time soma agora seis pontos. Já o Manaus segue sem pontuar.                            

O primeiro tempo foi de equilíbrio entre Rio Negro e Manaus, ambos imprimindo sua proposta de jogo e tentando encontrar espaços na área do adversário. Com nove minutos, Adrianinho driblou vários jogadores do Galo, na intermediária, mas o passe saiu errado.

Aos 15 minutos, o time de Aderbal Lana colocou pressão na partida, mas esbarrou na zaga do Gavião, que afastou qualquer lance de perigo.  Rodrigo Ítalo tentou abrir o placar para o Rio Negro duas vezes seguidas. Na primeira, Jhonatan salvou o Manaus e na segunda, a bola passou ao lado do gol.

Mas o Manaus  estava vivo no jogo, cruzou a bola para a área, Delciney cabeceou e Jairo defendeu. A situação do jogo mudou apenas aos 43 minutos, quando Leonardo cruzou a bola para a área e Juninho cortou com a mão. Pênalti. Arthur bateu estilo almanaque: bola para um lado, goleiro para o outro e abriu o placar para o Galo.

No segundo tempo, o Rio Negro voltou mais ligado e com o time para frente passou a atacar mais o adversário. Aos cinco minutos,  em jogada pela esquerda, Leonardo cruzou para Marcelo que chutou a bola, mas ela explodiu na zaga, que pôs para escanteio. Na cobrança, Rafael Vitor testou parao chão, mas Jhonatan fez boa defesa.

 A pressão surtiu efeito com Arthur marcando aos 14 minutos. Após cruzamento de Wagner Diniz, o camisa 11 recebeu a bola no meio da área, girou e mandou para o gol. Rio Negro 2 a 0. Com a vantagem, o Manaus tentou crescer no jogo, o Galo se defendeu e administrou o placar. O Manaus ensaiou uma pressão no fim da partida, mas a boa zaga do Rio Negro segurou o resultado.

Publicidade
Publicidade