Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019
Craque

Com duas lesões graves em cada joelho, Tiago Verçosa se torna um dos goleadores da 'Maquinaça'

Sem titularidade absoluta, atacante amazonense possui seis gols marcados no Estadual e passou a ganhar a confiança do torcedor Nacionalino



1.jpg Tiago Verçosa é cria do Naça e já é um dos goleadores da equipe
11/05/2015 às 22:11

O Nacional está bem servido de atacantes neste Campeonato Amazonense. Invencível há 15 partidas seguidas, praticamente todos os homens de frente balançaram as redes, entre eles um jogador em especial: Tiago Verçosa.

Cria do Leão em 1998, quando começou a despontar na escolinha do clube, o atacante amazonense de 25 anos percorreu vários times para neste ano, pela segunda vez, voltar a defender a camisa Azulina.



Mesmo estando no banco de reservas conseguiu mostrar o seu valor para todos e ganhar confiança do torcedor, ao marcar seis gols.

“A reserva não me incomoda. Tem eu, o Léo, o Hyantony, o Fumaça que chegou... lógico todo jogador quer estar ali jogando todos os jogos. O professor Lana sabe o melhor para o grupo, o melhor esquema e independente de quem jogar eu torço muito para que façam gols e a gente saia com as vitórias”, afirmou o jogador.

Para ser um dos goleadores do Naça, Verçosa tem contado com a confiança do técnico Aderbal Lana.

“O professor procura me passar tranquilidade. Nos jogos que entrei como titular ele tem me passado confiança e disse para eu procurar fazer o que faço nos treinamentos, e que os gols vão sair. Se tiver oportunidade vou fazer”, destacou o jogador, que foi titular na vitória contra o Operário (returno) e o no último jogo contra o Penarol, quando marcou dois gols.

Lesão nos dois joelhos

Verçosa também já sofreu com uma lesão grave no joelho, no caso nos dois.  “O primeiro foi em 2009. Sofri uma lesão no ligamento cruzado do joelho direito, passei um ano me recuperando. Depois fui para o Penarol em 2011, e lesionei o ligamento cruzado do joelho esquerdo”, lembrou.

Três perguntas para Tiago Verçosa, atacante do nacional e autor de seis gols no estadual

A que se deve esse bom momento?

Pelo grupo que foi formado, entra um saí outro, a pegada continua a mesma. Isso está ajudando. As oportunidades estão aparecendo e os gols estão surgindo.

Antes o torcedor mostrava desconfiança de você. Acha que isso acabou?

Vejo normal a desconfiança. Eu não vinha jogando, estava sem jogar e quando a oportunidade aparece tem que agarrar. Mas fico tranquilo e procuro fazer meu trabalho e está saindo os gols. Se não der para fazer gol vou passar para o companheiro que estiver mais bem posicionado.

Você ainda tem medo de uma nova lesão?

Medo a gente sempre tem um pouco, ainda mais essa de joelho. Já fiz duas cirurgias e não me limita em nada. Chuto com a esquerda e direita, mas só procuro não pensar em lesão.

Um jogo memorável deste Campeonato?

Foi contra o Penarol. Acho que até pro grupo todo que fez um primeiro tempo excelente e eu tive a oportunidade de fazer dois gols. Dá ânimo para os outros jogos.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.