Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
FINAL DA CHAMPIONS

Nos pênaltis, Real Madrid conquista 'La Undécima'

Time merengue abriu o placar na primeira etapa com Sergio Ramos, mas cedeu empate no segundo tempo.



2016-05-28t213412z_107472852_mt1aci14413700_rtrmadp_3_soccer-champions-rea-atm_vJZEAh7.jpg 'La Undécima' veio dos pés de Cristiano Ronaldo, na última cobrança de pênalti. (Foto: Reuters)
28/05/2016 às 15:20

Jogo digno de uma final de Champions League. Fazendo a reedição da temporada de 2014, o Real Madrid mais uma vez teve dificuldades para passar do Atlético de Madrid, dessa vez, no San Siro em Milão.  O jogo terminou em 1 a 1 no tempo regulamentar, com gols de Sergio Ramos e Carrasco, do Atlético. Nos pênaltis, Juanfran desperdiçou a cobrança para os colcheneros, e Cristiano Ronaldo, que não fez uma boa partida, foi responsável pela última cobrança pelo lado merengue e não desperdiçou.

O JOGO

Bem disputado e brigado, o primeiro tempo no San Siro foi de muitas faltas e correria dos dois lados. Mas quem esteve mais com a bola no pé foi o Real Madrid. Em busca do décimo primeiro título da Champions, o time de Zidane, dominou a etapa inicial. O primeiro gol da partida veio dos pés de Sérgio Ramos, o zagueiro marcou naquela final de Lisboa, em Portugal.

 Sérgio Ramos, impedido, recebeu desvio de cabeça de Bale, e cara a cara com o goleiro, abriu o placar na final da Uefa Champions League. O gol do jogador do Real Madrid veio aos 15 minutos de jogo, quando o clube merengue tinha o melhor momento do jogo.

Na volta do intervalo, o time de Simeone apareceu com as melhores jogadas, o melhor jogador da partida pelo lado dos colcheneros foi Carrasco. O atacante ‘infernizou’ a zaga do Real, tanto que, aos 38 minutos da etapa completar, quando parecia que os merengues já levariam o título de maneira mais ‘fácil’, o jogador tratou empatar a partida. Após belo cruzamento de Juanfran, Carrasco completou para o fundo das redes, para delírio da torcida. Era o gol que levava o jogo para a prorrogação.

Carrasco empatou o gol para o Atlético. (Foto: Reprodução/ Web)

Na prorrogação, o Atlético de Madrid esteve melhor em boa parte, com alguns lances bons do Real. Mas nada foi resolvido. O jogo foi para as penalidades. Juanfran desperdiçou a cobrança para os colcheneros, e Cristiano Ronaldo, último jogador do Real a bater, converteu a cobrança e garantiu ‘La Undécima’ para o Real Madrid.

FICHA TÉCNICA
REAL MADRID 1 (5) X (3) 1 ATLÉTICO DE MADRID

Local: Estádio Giuseppe Meazza, em Milão (Itália)
Data: 28 de maio de 2016 (Sábado)
Horário: 14h45 (de Manaus)
Árbitro: Mark Clattenburg (Inglaterra)
Assistentes: Simon Beck e Jake Collins (ambos da Inglaterra)
Cartões amarelos: Carvajal, Keylor Navas, Casemiro, Sergio Ramos, Danilo e Pepe (Real Madrid); Fernando Torres e Gabi (Atlético)
Gols:
REAL MADRID: Sergio Ramos, aos 15 minutos do primeiro tempo
ATLÉTICO: Ferreira Carrasco, aos 34 minutos do segundo tempo
Pênaltis:
REAL MADRID: Vásquez, Marcelo, Bale, Sergio Ramos, Cristiano Ronaldo
ATLÉTICO: Griezmann, Gabi, Saúl

REAL MADRID: Keylor Navas, Dani Carvajal (Danilo), Pepe, Sergio Ramos e Marcelo; Toni Kroos (Isco), Luka Modric, Casemiro e Gareth Bale; Cristiano Ronaldo e Karim Benzema (Lucas Vásquez)
Técnico: Zinedine Zidane

ATLÉTICO DE MADRID: Jan Oblak, Juanfran, José Giménez, Diego Godín e Filipe Luís (Lucas Hernandez); Koke (Thomas Partey), Augusto Fernández (Ferreira Carrasco), Gabi e Saúl Ñíguez; Antoine Griezmann e Fernando Torres
Técnico: Diego Simeone

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.