Sábado, 29 de Fevereiro de 2020
Craque

Com gol no fim do jogo, Nacional vence Operário na Colina pela segunda rodada do Amazonense

Em um jogo de cinco gols, o Nacional venceu o Operário. O Leão abriu o placar, levou uma virada do Sapão no segundo tempo, mas reagiu no final do jogo, garantindo os três pontos



1.jpg Com gols de Jonas e Thiago Verçosa, o Leão venceu o Sapão da Terra Preta
02/03/2015 às 22:58

O Nacional passou pelo Operário, com dificuldades na noite desta segunda-feira, dia 02, no estádio da Colina, na Zona Oeste. Com um primeiro tempo equilibrado, as duas equipes criaram chances de gols. Enquanto o Operário avançava em jogadas de velocidade, o Nacional investia na bola aérea para chegar ao gol  de Victor, que fez boas defesas.

Veja imagens da partida



 O principal jogador do Naça no primeiro tempo foi o atacante Wanderley, que após três tentativas, conseguiu abrir o placar para o time da capital os 40 minutos do primeiro tempo após cobrança de escanteio.

A bola bateu na cabeça de Maurício Leal e, na sobra, Wanderley cabeceou para balançar as redes do Operário. Aos 44 minutos, Toró recebeu na frente e marcou o gol, mas a assistente Anny Kesy marcou impedimento do jogador do time de Manacapuru.

Na segunda etapa, o Nacional foi pra cima e o goleiro Victor foi muito exigido. O Naça era melhor em campo, mas em uma jogada de velocidade, aos 19 minutos, Toró avançou, dividiu com o goleiro Rodrigo Ramos e, no rebote, Jonas empatou o jogo.  E aos 23 minutos, em cobrança de falta, Clemilton levantou a bola na área e Jonas cabeceou virando a partida. 

 Mas não deu tempo de comemorar, porque aos 24 minutos Wanderley recebeu um cruzamento e igualou o placar. A virada do Naça veio aos 42, quando Thiago Verçosa colocou o Leão em vantagem novamente. Na próxima rodada, o Sapão recebe o São Raimundo. E Nacional pega o Iranduba no dia 25 de março.



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.