Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
WhatsApp_Image_2017-04-11_at_22.30.19.jpeg
publicidade
publicidade

Barezão 2017

Com gol no fim, Princesa conquista primeira vitória fora de casa e a liderança do Barezão

O Tubarão superou o Galo ao vencer por 3 a 2 no estádio Carlos Zamith na noite desta terça-feira


12/04/2017 às 00:02

O Campeonato Amazonense tem um novo líder: O Princesa do Solimões. A vitória por 3 a 2 contra o Rio Negro e a ponta da tabela foram conqusitadas no finalzinho do jogo, aos 45 minutos com Ewander. Michell Parintins e Gelvane marcaram os outros gols no estádio Carlos Zamith. Cristiano marcou os dois tentos do Rio Negro em partida que valeu pela quarta rodada do Barezão.

Com a vitória, o Princesa chegou aos 14 pontos e dorme na liderança. No sábado, Rio Negro e Fast se enfrentam na Arena da Amazônia às 15h. Além da liderança, o Tubarão de Manacapuru tem também o artilheiro da competição. Michell Parintins chegou ao sexto gol.

O Jogo

Muita movimentação dos dois lados no início da partida, mas foi o Rio Negro que tomou a iniciativa quando Rodrigo Ítalo experimentou de fora da área aos 7 minutos, mas a bola passou do lado do gol de Luis Paulo. O Princesa  teve sua chance aos 10 quando Marinelson tocou para Parintins entrar na área e cara a cara com o goleiro chutar fraco para a defesa de Pablo.                                  

A partir daí o jogo ficou congestionado. O Rio Negro errava muitos passes, Princesa esperava pelo erro do adversário e nenhuma das duas equipes criavam chances efetivas de gol. Até que aos 35 minutos Michell Parintins chutou em direção a área rionegrina, na confusão entre ataque e defesa, a bola foi travada. Os jogadores do Rio Negro reclamaram de toque de mão do jogador do Princesa. Gelvane que não tinha na a ver com isso aproveitou a sobra e mandou para o gol. Princesa 1 a 0.               

  Atrás no placar os jogadores do Rio Negro entraram em campo endiabrados. Wagner   Diniz e Cristiano inspirados assustavam a defesa do Princesa e foi preciso dois minutos para o Galo da Praça da Saudade empatar a partida. Em escanteio cobrado por Rodrigo Ítalo, Cristiano subiu mais do que todo mundo e mandou para o gol.                                        

  O Rio Negro continuou atacando o Princesa,  Cristiano teve duas chances claríssimas de gol, mas o excesso de preciosismo atrapalhou nas finalizações e ele acabou travado pela zaga.                                       

Enquanto isso, o Princesa era cirúrgico, em uma bola lançada para Michell Parintins, ele driblou três defensores, entrou na área e chutou de biquinho no canto  de Pablo.                                 

O Rio Negro continuava atacando e em um dos ataques, Erick derrubou Cristiano na área. Pênalti. Ele mesmo cobrou e empatou o jogo novamente aos 25 minutos. Atrás da vitória, as duas equipes disputavam cada bola o que deixou a partida movimentada e também fez crescer o número de faltas e reclamações.Aos 40 o Princesa teve chance de passar a frente do placar com Michell Parintins, mas  Pablo defendeu. O jogo ficou mais dramático quando Erick levou o segundo amarelo e foi expulso de campo deixando o Tubarão com um jogador a menos. Mas mesmo em desvantagem Wander receber passe na entrada da área chutou a bola desviou na zaga do Galo e enganou Pablo.

publicidade
publicidade
Handebol: Rio Negro Feminino vence a terceira seguida e se mantém invicto na competição
Meninas do Rio Negro vencem o Handebol Clube de Manaus pela 2ª rodada da Liham
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.