Terça-feira, 18 de Maio de 2021
Copa Verde

Com ‘gol que ninguém viu’ de Jack Chan, Manaus empata com Paysandu

O placar de 1 a 1 no jogo de ida deixa o confronto em aberto para o próximo dia 7 de fevereiro, quando às equipes voltam a se enfrentar pela competição



03/02/2021 às 18:09

Em jogo movimentado e com polêmica da arbitragem, Manaus e Paysandu empataram por 1 a 1 na tarde desta quarta-feira (3), no estádio Bezerrão-DF, pelas quartas de finais da Copa Verde. O zagueiro Yan fez na primeira etapa para o Papão da Curuzú e Jack Chan empatou no segundo tempo em lance com erro inusitado do assistente da partida.

Com tudo igual, a decisão de uma das vagas para as semifinais da competição regional ficou para o próximo dia 7 de fevereiro, às 15h (horário de Manaus), no estádio do Mangueirão, em Belém. Sem regra do gol fora de casa, qualquer igualdade no jogo de volta leva a partida para os pênaltis.

Primeiro tempo

Logo nos primeiros minutos, ambas às equipes mostraram mais postura agressiva. Com isso, já foi possível perceber que o árbitro Eduardo Tomaz de Aquino não iria poupar cartão se caso precisasse. Tanto que, Douglas Lima levou amarelo logo em uma das primeiras faltas do jogo.

Com a bola rolando, a primeira boa oportunidade aconteceu aos 12 minutos com o Paysandu. Yuri avançou pelo lado direito do ataque, cruzou na cabeça de Marlon, que finalizou pra fora. Não demorou para o Gavião do Norte responder quase na mesma moeda. Tiago Costa desceu pelo lado esquerdo do ataque, cruzou, mas Jack Chan testou torto e perdeu uma bela oportunidade.

Com os dois times oferecendo espaços tanto no corredor como dentro das defesas, a bola aérea foi a arma usada para abrir o placar no Bezerrão. Bruno Collaço cobrou escanteio no meio da grande área, o zagueiro Yan, sem marcação, nem precisou se esforçar para cabecear e fazer o primeiro do Papão na partida.

Precisando do empate, o Manaus passou a tomar conta das ações ofensivas. Aos 27, após a defesa do Paysandu tirar parcialmente uma bola de dentro da área, Douglas Lima arriscou um voleio cheio de estilo, que tirou tinta da trave direita do goleiro Paulo Ricardo.

Empolgado, o Manaus introduziu uma blitz aos 30 minutos. Primeiro, Tiago Costa ganha no pé de ferro no lado esquerdo, encontrar Jack Chan após cruzamento, mas na hora da finalização, o atacante camisa 96 pegou mascado e a bola saiu mansa pela lateral. Na sequência, Gabriel Davis tabelou com o próprio Jack Chan, arriscou colocado e, antes de a bola sair para a linha de fundo, ela ainda resvalou na defesa e quase enganou o goleiro do Bicolor.

Antes do intervalo, Manaus ainda teve outra chance, desta vez com Diego Rosa, que após receber de Jack Chan dentro da área, finalizou com estilo na perna direita, mas o assistente da partida viu impedimento na hora do toque de Chan para Diego e anulou o lance.

Segundo tempo

Sem alterações, o Manaus voltou acelerando do intervalo. Criando diversas oportunidades pelas laterais, aos poucos a equipe amazonense foi povoando o setor defensivo do adversário e conseguindo incomodar o goleiro Paulo Ricardo. Aos sete, o arqueiro do Papão precisou operar um verdadeiro milagre, quando Spice acha Douglas Lima dentro da área, obrigando o goleiro a pular de mão trocada para pegar uma cabeçada do atacante Esmeraldino.

Com o Paysandu conseguindo aos poucos controlar o ímpeto do Manaus, o técnico Luizinho precisou mexer na equipe para dar um gás novo ao setor ofensivo. Desta forma, Erivelton e Philip entraram no lugar de Vinicius Barba e Douglas Lima. Aos 20, em seu primeiro lance no jogo, Erivelton recebeu cara a cara com Paulo Ricardo, mas não conseguiu tirar o goleiro na hora do chute e acabou desperdiçando a melhor chance da equipe amazonense até aquele momento.

Mas ninguém esperava pelo o que estava por vir. Aos 26 minutos, Jack Chan conduziu da esquerda para o centro, chutou com muita habilidade, a bola bateu no travessão e foi direto pro chão, longe da linha do gol. Só que neste momento, entra em cena o assistente da partida, que viu gol no lance e deixou os jogadores do Paysandu indignados. Tanto que, o árbitro Eduardo Tomaz de Aquino só conseguiria acalmar os ânimos sete minutos depois.

Com o retorno da partida, o Manaus seguiu pressionando e teve oportunidades para fazer o gol da virada. Só que o resultado se manteve 1 a 1 e a vaga na semifinal será decidida no próximo domingo (7).

Ficha Técnica: Manaus FC 1 x 1 Paysandu-PA

Local: Bezerrão-DF.

Data: 3 de fevereiro de 2021, quarta-feira.

Horário: 15h.

Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (GO).

Gols: Yan (23', 1°) e Jack Chan (26', 2°).

Cartões amarelos: Spice e Douglas Lima; Yuri, Alan Calbergue e Fernando Portel.

Manaus: Rafael; Edvan, Luis Fernando, Spice e Tiago Costa; Vinícius Barba (Erivelton), Márcio Passos e Gabriel Davis (Alex); Jack Chan, Douglas Lima (Philip) e Diego Rosa
Técnico: Luizinho Vieira.

Paysandu: Paulo Ricardo; Yan, Perema e Kerve; Yuri (Diego Matos), Fernando Portel, Alan Calbergue (Debu) e Bruno Collaço; Luiz Felipe, Marlos e Nicolas; Técnico: Aylton Costa.



Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.