Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019
Craque

Com 'indecisão' de Belfort, empresário de Jacaré faz lobby pela disputa do cinturão

Após lesão do campeão Chris Weidmann, disputa do cinturão interino ainda está em aberto; capixaba radicado em Manaus é o terceiro do ranking, atrás do também brasileiro Vitor Belfort



1.jpg Jacaré é o terceiro peso-médio no ranking do UFC e quer chance de disputar o cinturão
03/02/2015 às 16:31

Enquanto Vitor Belfort não sabe o que quer, Ronaldo Jacaré pode estar mais perto do que nunca de disputar o cinturão dos pesos-médios do UFC. Após a recusa de Belfort em disputar o título interino dos médios contra o também brasileiro Lyoto Machida, o empresário Gilberto Faria fez o lobby pelo capixabada radicado em Manaus.

“O Vitor Belfort querer escolher com quem vai lutar. Se ele quer disputar com um cara para ser campeão interino, tem que lutar com quem esteja na frente dele, e não atrás. Não faz sentido. Se olhar para o ranking, a ordem é: Weidman, Anderson, Jacaré, Lyoto, Vitor, Luke e Romero”, argumentou.

O empresário falou ainda que, a partir de abril, Jacaré, estará apto a lutar. O atleta tinha duelo marcado para o próximo dia 28, no UFC 184, contra Yoel Romero, mas uma pneumonia forçou sua saída do card.

“O Jacaré é um cara que luta com qualquer um. Se botar a disputa do título interino, ele com certeza luta com Lyoto, Luke, contra o próprio Vitor Belfort, Romero... Pode ser contra quem for, ele não escolherá adversário. Se o Vitor almeja ser campeão interino, já que não pode encarar o Weidman, que lute com o melhor colocado, que é o Jacaré. Em meados de abril, o Jacaré está pronto”, assegurou o empresário.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.