Publicidade
Esportes
Gre-Nal

Com objetivos diferentes, Grêmio e Inter se enfrentam

Objetivos distintos no Brasileiro,rivalidade e mistérios nas escalações são os ingredientes do Gre-Nal de número 411 22/10/2016 às 19:45 - Atualizado em 23/10/2016 às 09:48
Show grenal
Uma das maiores rivalidades do Brasil entrarão em campo na Arena do Grêmio (Foto: Reprodução/ Site do Grêmio)
Camila Leonel Manaus (AM)

Mistérios rondam os times de Grêmio e Internacional, que medem forças no clássico deste domingo (23), às 15h (horário de Manaus). Tanto Celso Roth como Renato Gaúcho escondem os times que entrarão em campo para fazer o 411° Gre-Nal da história.

O que não é mistério são os objetivos dos dois times dentro do campeonato. O Grêmio luta para entrar no G6. Hoje está na oitava colocação, com 47 pontos, um a menos que o Atlético Paranaense, sexto colocado. O objetivo é conseguir entrar no grupo de times que se classificam para a Libertadores do ano que vem.

 O time de Renato Gaúcho, que se classificou para as semifinais da Copa do Brasil, está com a atenção voltada para duas competições. A tendência é que o tricolor gaúcho entre em campo com um time misto, mas mesmo assim, Gaúcho não revelou quem deve entrar em campo e quem deve ser poupado.

“Me preocupo com os meus jogadores, independentemente do jogo ou quem estiver do outro lado. Não adianta colocar uma equipe em campo como todo mundo gostaria e ela não andar em campo. Vai cansar ainda mais a equipe e estará cansada para o próximo jogo, por isso tomei a decisão do jogo com o Santos. E tivemos um bom resultado. Se tivéssemos perdido, as críticas iam cair. Mas alguém tem que tomar decisões e eu sou pago para isso. Busco o bem do clube, é o melhor para todos, torcedor, comissão, procuro tomar as decisões corretas em benefícios do clube”, disse em entrevista coletiva.

Uma dúvida para o jogo é quem estará no gol gremista. Marcelo Grohe voltou a treinar com bola e já está recuperado de dores no pé esquerdo.

“Acho que a gente tem feito tudo o que podemos, tenho conversado bastante, treinado o grupo. Sabemos as condições de todo mundo. Vocês vão ficar sabendo o time uma hora antes do jogo. São 25 concentrados e qualquer um pode jogar”.

Do lado do Inter, a situação é mais delicada. O time está a um ponto da zona de rebaixamento, na 16° colocação, com 36 pontos. A vitória sobre o Flamengo, na última rodada, deu um fôlego ao time. A vitória na Copa do Brasil, moral. Mas além da vitória e da luta contra o rebaixamento, existem os brios com que um clássico mexe e Celso Roth sabe muito bem disso.

O técnico Celso Roth terá um desfalque certo para o fim de semana: Alex cumprirá suspensão automática e não poderá atuar. Os demais jogadores, com exceção de Nico López, Fernando Bob, Marquinhos e Eduardo, lesionados, estão à disposição

“Confirmado acho que não tem ninguém. Hoje, o grupo não treinou completo. Você sabe quando não está passando por um momento regular. Não precisa alguém que lhe fale. Você se conhece. Não tive a mesma produção nos últimos jogos, mas espero que o professor siga confiando em mim”, disse o atacante Seijas.

Entre os desfalques, um é certo: Alex cumprirá suspensão automática e não poderá atuar. Os demais jogadores, com exceção de Nico López, Fernando Bob, Marquinhos e Eduardo, lesionados, estão à disposição.

Publicidade
Publicidade