Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020
ESTREIA

Com público de final, Manaus vence o São Raimundo na abertura do Barezão

Mais de 3 mil pessoas viram o Gavião do Norte estrear com vitória no Amazonense. Gols foram marcados por Mateus, Dolem e Paulinho Simionato



e1c4113c-1008-41fe-88ad-07a8656fb1be_D9E17C88-383E-42A0-A850-369184595782.jpg Foto: Eraldo Lopes
21/01/2020 às 23:38

Uma vitória com grande atuação. Assim foi a abertura do Barezão 2020, na noite desta terça-feira (21), na Arena da Amazônia. Para 3.130 pessoas, o Manaus venceu o São Raimundo por 3 a 0 - gols de Mateus Oliveira, Dolem e Paulinho Simionato - e estreou com pé direito no Campeonato Amazonense. 

Em entrevista coletiva ao final da partida, Welington Fajardo valorizou a vitória. "Foi um jogo muito difícil apesar do placar ter sido 3 a 0. Vimos que, taticamente, a equipe do São Raimundo vai dar trabalho. É um time que sabe o que fazer com a posse e sem a posse", afirmou o comandante.




Foto: Eraldo Lopes

Início promissor

Mesmo em início de temporada, as duas equipes protagonizaram um começo de partida acelerado. Ainda que pecasse na hora da finalização, era o Manaus quem dominava o espaço do campo. E o primeiro gol da 104a edição do Campeonato Amazonense saiu aos 18 minutos.

Hamilton chapelou Kelve no meio e passou para Dolem. O camisa 7 levou pela esquerda e deu lindo passe para Rossini cruzar na direção de Mateus, que só empurrou para o fundo das redes e terminou a linda jogada com chave de ouro. 

Atrás do placar, o time de Mazinho melhorou no jogo tentando o empate. Em cobrança de escanteio, o meia Kelve acertou a trave e quase marcou gol olímpico. Mas a rede voltaria a balançar do outro lado.

Aos 40 minutos, mais uma bela jogada pelo lado esquerdo. Quem iniciou foi Matheus, que achou lindo passe para o 'novato' Caique. O lateral cortou, deixou o zagueiro Luan 'sem pai nem mãe' e cruzou para Dolem só ter o trabalho de completar para o fundo das redes.

Cadência na vantagem

Com o 2 a 0 no placar, o Manaus voltou tranquilo para a segunda etapa. O São Raimundo, com Wendel no lugar do Kelve, tentava diminuir o placar. Mas a noite era mesmo do Manaus. O terceiro quase foi marcado com Dolem, que viu a chance parar nas mãos de Guanair.


Foto: Eraldo Lopes

A rede, porém, iria balançar aos 32 minutos. Rossini recebeu em profundidade pela direita, levou até a linha de fundo e cruzou para Simionato, vestindo a camisa do Manaus pela primeira vez, fazer o terceiro gol e fechar a conta.

News leonardo 9028af08 26fb 4271 b322 4409cded8370
Repórter do Craque
Jornalista em formação na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e repórter do caderno de esportes Craque, de A Crítica. Manauara fã da informação e que procura aproximar o leitor de histórias – do futebol ao badminton.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.