Terça-feira, 26 de Outubro de 2021
#PartiuEuropa

Com três amazonenses no grupo, seleção brasileira embarca para mundial escolar nesta quinta

Competição que começa dia 11 e será realizada na Sérvia, tendo 14 modalidades a serem disputadas



WhatsApp_Image_2021-09-09_at_16.39.05_D53BD4E7-331A-4C41-B3AC-5837E007E2B2.jpeg Foto: Divulgação
09/09/2021 às 17:42

A delegação brasileira que disputará a Gymnasiade sub-15 2021 viaja nesta quinta-feira (9) rumo a Belgrado, na Sérvia, para disputar o mundial de deporto escolar, competição que será realizada entre 11 e 19 de setembro de 2021. Entre os 10 atletas, três são amazonenses: Laysla Barbosa, Stephany Calheiros e Ananda Januário. Além delas, o técnico amazonense Anderson Alves também foi convocado para compor a comissão técnica da delegação.

Antes de embarcar para o país do leste europeu, a equipe fez um treinamento de quatro dias no Centro Olímpico, em São Paulo. Durante o período de preparação, a equipe fez três treinos por dia: treinos no tapete de manhã e à tarde e na academia na parte da noite.

“O início dos treinos foi muito bom por conta de essa ser uma geração bem preparada e acaba sendo mais fácil trabalhar com eles. A expectativa é grande e sempre acreditamos no melhor resultado possível. Todos estão focados no sistema de bolha em um hotel. Só saímos para treinar e retornamos”, explicou o técnico amazonense Anderson Alves, um dos membros da comissão técnica da seleção.

Saindo da capital paulista, a seleção fará uma escala em Paris e, de lá, chega na capital da Sérvia. Já no local da competição, o time treinará para fazer uma aclimatação. A disputa do wrestling começa no dia 13 e vai até o dia 15. Ao todo, serão 14 modalidades disputadas.

Na categoria até 58kg, Laysla, que pratica a modalidade há 10 meses, falou da alegria e da adrenalina de treinar com a seleção e disputar sua primeira competição internacional.

“Estou muito feliz de estar aqui. É uma adrenalina alta porque estou conhecendo outros atletas com táticas de luta diferentes e, tenho certeza, que estou aprendendo muito com eles e com a minha evolução constante. Os treinos estão sendo bem técnicos e pesados, nossos professores estão trabalhando muito nos nossos erros e estamos evoluindo muito”, declarou a atleta que apesar da adrenalina de todas as novidades está tranquila.

“Nossa.... desde que fiquei sabendo da convocação comecei a treinar minha mente, então estou tranquila. Tô confiante e se Deus quiser o ouro vem pro Brasil. É a minha primeira competição internacional e já vai ser uma ótima experiência para o Pan-Americano no México, em outubro”.

Já a atleta Ananda Januário, de Benjamin Constant, diz que se sente privilegiada por ir para uma competição mundial. “Eu me sinto privilegiada porque eu sou a única do meu município que está indo participar do mundial. É muita responsabilidade, mas ao mesmo tempo eu fico feliz com tudo isso”.

No total, dez atletas (cinco homens e cinco mulheres), dois treinadores e um árbitro vão representar o Brasil. Os lutadores foram convocados de acordo com a data de nascimento, ano 2006. Os treinadores foram selecionados de acordo com o número de atletas de cada estado que vão compor a delegação nacional.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.