Publicidade
Esportes
Craque

Comitê divulga os preços dos ingressos para os Jogos Olímpicos

De acordo com os organizadores das Olimpíadas do Rio, mais da metade do total de ingressos será disponibilizado com preços acessíveis ao público. As entradas mais baratas custarão R$ 40 para o começo das provas de atletismo, e no encerramento dos jogos o valor do bilhete chegará a R$ 3 mil 16/09/2014 às 19:04
Show 1
Comitê Olímpico divulgou os valores dos ingressos para os Jogos do Rio 2016.
Cristina Indio do Brasil (Agência Brasil) Rio de Janeiro (RJ)

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016 divulgou hoje (16), a lista com os preços de cerca de 7,5 milhões de ingressos que serão colocados à venda para os eventos esportivos da competição. Para atender ao compromisso de ser acessível ao público, cerca de 3,8 milhões deles, terão preços de até R$ 70.

Os preços são referentes a 717 disputas em 28 esportes. Os valores dos ingressos para as cerimônias de Abertura e de Encerramento também foram anunciados. As faixas de preços dos ingressos de todos os esportes e das cerimônias estarão disponíveis no site dos Jogos Rio 2016.

A entrada mais barata custará R$ 40. Entre os ingressos que têm este valor estão os para as disputas preliminares do atletismo, na modalidade maratona, no Maracanã; hóquei sobre grama, em Deodoro, na zona norte; levantamento de peso, na Barra da Tijuca, na zona oeste; maratona aquática, em Copacabana, na zona sul; e os jogos de futebol feminino que ocorrerão em Belo Horizonte, em Brasília, no Rio de Janeiro, em Salvador e em São Paulo.

Os ingressos mais caros dos jogos custarão R$1,2 mil e serão cobrados para as finais das competições de atletismo no Maracanã, na zona norte; vôlei de praia, em Copacabana, na zona sul;  voleibol, também no Maracanã; e basquetebol masculino na Barra, na zona oeste.

Na abertura, os preços variam entre R$ 200 e R$ 4,6 mil. Já para o encerramento, o ingresso mais barato tem o mesmo valor, mas o mais caro será R$ 3 mil.

O Comitê Rio 2016 informou ainda que, em novembro, será aberto o cadastramento dos interessados no site de vendas. Neste momento, o torcedor poderá escolher os esportes que deseja ver e começar a receber informações sobre classificação de equipes e mudanças no calendário das competições.

Em março, por meio do sistema digital, o torcedor fará o pedido que será verificado por auditorias. A legislação brasileira será usada para resolver dúvidas que possam ocorrer no processo.

A escolha para os eventos e a definição de quantos ingressos serão adquiridos poderá ser feita entre março e maio. Apesar disso, o primeiro sorteio só ocorrerá em junho. Um novo sorteio foi marcado para julho, mas só quem fez pedido para o primeiro concorre na segunda etapa. Quem não conseguir ser sorteado na fase inicial terá prioridade para a etapa seguinte. Em setembro será divulgado o resultado do segundo sorteio. A venda direta sem sorteio para os tíquetes que sobrarem começará em outubro.

De acordo com o comitê, o sistema adotado para a venda dos ingressos é “confiável e foi desenhado para facilitar a escolha e a compra”.


Publicidade
Publicidade