Publicidade
Esportes
Craque

Como antes: após demissão, diretoria do Naça devolve Lana às categorias de base

Aderbal Lana foi retirado do cargo de treinador após derrota para o Remo pela 5ª rodada do Brasileirão da Série D, ontem (10). Funcionário do clube, o ex-técnico volta às categorias inferiores 11/08/2015 às 14:14
Show 1
Lana volta a comandar os garotos da base do Nacional.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Vida que segue no Leão da Vila Municipal. A diretoria do Nacional Futebol Clube confirmou o que todos já sabiam: a demissão do técnico Aderbal Lana. O próprio treinador confirmou a saída do comando do Naça em entrevista concedida à Rádio Tiradentes na manhã desta terça-feira (11), menos de 24 horas após a derrota frente ao Clube do Remo, na noite desta segunda-feira (10), na Arena da Amazônia.

“Tive uma reunião com o presidente Mário Cortez... e definiu-se a minha saída”, disse Lana, afirmando que a campanha do Nacional não era boa no campeonato. “É natural que isso aconteça (demissão). A equipe não tá tendo um bom rendimento na Série D e você sabe que a cultura é essa. Nenhum jogador vai embora, sempre vai o treinador”, disse.

Lana confirmou que a comissão técnica sai com ele, com exceção do treinador de goleiros Iúna e que volta a assumir o comando das divisões de base do Naça.

“O Iúna continua... a não ser que o que venha possa querer a saída dele. O Pedro sai, que é o preparador físico. Eu saio, mas eu continuo como funcionário do clube. Tenho as divisões de base, a escolinha que eu coordeno. Mas sem nada com o profissional”, afirmou Lana.

O auxiliar técnico Paulo Morgado também volta aos trabalhos com os garotos das categorias inferiores do Nacional. Inclusive, comandará o Naça na final do segundo turno do Estadual de Juniores, nesta quarta-feira (11), contra o Fast Clube.

Publicidade
Publicidade