Publicidade
Esportes
Craque

Confirmado: Fernando Alonso volta à F-1 no GP da Malásia

Um mês após acidente, piloto espanhol recebeu alta médica e ganhou aval para voltar ao cockpit na próxima prova da temporada. Alonso fará teste final exigido pela FIA antes de entrar no cockpit de sua McLaren   23/03/2015 às 11:32
Show 1
Fernando Alonso retorna à Fórmula 1 depois de um mês longe do cockpit de sua Mclaren, no GP da Malásia.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Enfim, o retorno de Fernando Alonso a categoria mais veloz do automobilismo está marcado. Depois de um mês afastado das corridas o piloto espanhol volta no próximo fim de semana para disputar o GP da Malásia de Fórmula 1. O anúncio foi feito pela Mclaren nesta segunda-feira (23) e o piloto da escuderia inglesa já está em Kuala Lumpur para pilotar o MP4-30 no Circuito Internacional de Sepang.

O aval definitivo do retorno de Alonso ao cockpit ainda depende da liberação dos médicos da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) marcada para a próxima quinta-feira (26). No entanto, a equipe inglesa está confiante que o seu piloto está pronto para os testes e o aval da entidade.

“A McLaren-Honda tem o prazer de anunciar que, sujeito a uma avaliação médica de sucesso da FIA na próxima quinta-feira, dia 26 de março, no Circuito de Sepang, Fernando Alonso irá retornar ao cockpit de seu carro MP4-30 no GP da Malásia deste fim de semana. Fernando está muito ansioso para voltar ao carro e dar uma contribuição substancial aos esforços coletivos da Honda, para acelerar a melhoria necessária de nossa performance de pista”  informou a escuderia em comunicado oficial.

Fora das pistas há um mês, o bicampeão mundial da categoria foi vetado do GP da Austrália – prova que abriu a temporada. Alonso sofreu estranho acidente no circuito espanhol de Barcelona, em fevereiro, e por conta disso ficou internado por três dias. Na ocasião, o piloto espanhol chegou a sofrer perda momentânea de memória.

“Desde seu acidente nos testes de Barcelona, Fernando seguiu um rigoroso programa de treinamento especializado, projetado e acompanhado de perto pelos principais cientistas do esporte para assegurar seu retorno de forma segura e oportuna para as corridas. No Centro de Tecnologia da McLaren, na semana passada, Fernando se reuniu com seus engenheiros e pilotou no simulador, para ficar atualizado com os últimos desenvolvimentos no chassi e o motor do MP4-30”, completou a nota da equipe Mclaren.


Publicidade
Publicidade