Publicidade
Esportes
Craque

Confirmado: Léo Moura não é mais jogador do Flamengo

A diretoria rubro-negra confirmou a saída do lateral que seguirá para o Fort Laudardale, dos Estados Unidos. O jogador deverá fazer sua última partida pelo time da Gávea no próximo domingo (28), no clássico contra o Botafogo, no Maracanã 23/02/2015 às 14:38
Show 1
Flamengo confirma que Léo Moura deixará o clube após o clássico contra o Botafogo, no domingo (29).
ACRITICA.COM Manaus (AM)

A confirmação da saída de Léo Moura foi divulgada na manhã desta segunda-feira (23), no Centro de Treinamento Ninho do Urubu, pelo diretor de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano. A pedido do próprio jogador, ele seguirá com a equipe nos próximos dois duelos do Mengo, contra o Brasil de Pelotas, pela Copa do Brasil e no clássico carioca diante do Botafogo, no sábado (28), pelo Campeonato Carioca.

"Lamentamos a saída. Não gostaríamos, mas temos de entender que é um projeto de vida para o atleta. O Flamengo não vai criar dificuldade. É uma forma de reconhecer os anos que o Léo viveu aqui. Ele fica conosco até domingo e se vai jogar ou não é outra história", confirmou  Caetano.

A notícia não chegou a ser surpresa, diretoria e jogador já haviam se estranhado no final da última temporada. O lateral ficou chateado com os dirigentes rubro-negros que só quiseram renovar seu contrato por cinco meses. Durante a semana passada vazou a informação de que Leo Moura estava em negociação com o Fort Lauderdale Strikers, dos Estados Unidos. O clube tem como sócio, o ex-jogador Ronaldo, ambos são amigos, o que facilitou a transferência.

Léo Moura vestiu a camisa do Flamengo em 516 oportunidades, sendo o sétimo jogador que mais atuou pelo clube da Gávea, ao lado de Carlinhos. No Rubro-Negro, o camisa 2 balançou as redes 47 vezes e deu 51 assistências. Também conquistou duas Copas do Brasil, o Brasileirão de 2009 e ergueu o cariocão por cinco vezes.  

Com a chegada de Pará e com as seguidas contusões, o lateral acabou indo para o banco de reservas. A intenção da diretoria do Flamengo é fazer uma partida especial em homenagem ao jogador, que é ídolo da torcida, nos moldes da que foi feita para o meia sérvio Petkovic, em 2001, contra o Corinthians, no Engenhão.

Enquanto isso não acontece, o camisa 2 do Flamengo começa a sua despedida nas partidas contra o Brasil de Pelotas, pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira (25). No final de semana o ex-capitão deve ser ovacionado no Maracanã, contra o Botafogo, em jogo válido pelo Campeonato Carioca. 


Publicidade
Publicidade