Publicidade
Esportes
Craque

Confirmado: Sebastian Vettel será piloto da Ferrari até 2018

Escuderia italiana finalmente anuncia a contratação do tetracampeão para os próximos três anos. Com a chegada do alemão, o espanhol Fernando Alonso deixa a equipe e deve assinar com a Maclaren em breve 21/11/2014 às 09:19
Show 1
Começar do zero. Alemão vai ter um trabalho de “Hércules” pela frente
ACRITICA.COM Manaus (AM)

A Ferrari confirmou nesta quinta-feira (20) uma grande mudança para as próximas temporadas. A equipe italiana confirmou a saída de Fernando Alonso e a chegada do alemão Sebastian Vettel para o seu lugar. O tetracampeão da Fórmula 1 assinou contrato de três anos com os italianos após a sua bem-sucedida passagem pela Red Bull. O piloto espanhol ainda não definiu o seu futuro. Mas deve ser confirmado na McLaren nos próximos dias.

Em comunicado, a Ferrari anunciou que encerrou o vínculo com Alonso em “comum acordo” com o piloto, que tinha contrato até 2016. O espanhol decidiu deixar a equipe por causa do fraco rendimento apresentado pelos carros dos italianos nos últimos anos. Na atual temporada, ele não chegou nem a sonhar com o título, totalmente monopolizado pela Mercedes.

“Foi uma decisão difícil, mas cuidadosamente avaliada. E, do início do fim, meu amor pela Ferrari teve prioridade nesta decisão”, declarou Alonso. “Sempre tive sorte em poder tomar minhas próprias decisões em relação ao meu futuro e tenho novamente esta possibilidade agora. Agradeço à equipe por isso porque compreenderam minha situação”.

Com esta decisão, Alonso encerra um período de cinco anos na Ferrari, pela qual faturou 11 vitórias, obteve 44 pódios e acumulou 1.186 pontos. “Neste período alcancei meu melhor nível profissional, enfrentando desafios maiores que me forçaram a encontrar meus novos limites. Também aprendi a me tornar um verdadeiro piloto de equipe, colocando os interesses da equipe antes dos meus”, disse o piloto, três vezes vice-campeão pela Ferrari. A equipe italiana, por sua vez, agradeceu pela “grande contribuição humana e profissional” do piloto.

“Dedicamos a ele os nossos mais sinceros agradecimentos por sua extraordinária participação na Scuderia, que nos ajudou a ficar próximos do título em duas ocasiões nos últimos cinco anos. Estou certo de que um grande piloto como Fernando sempre levará o 'cavalinho' em seu coração”, declarou o chefe de equipe, Marco Mattiacci. O espanhol também anunciou que usará um capacete no GP de Abu Dabi, neste domingo, decorado com uma foto e as assinaturas de seus mecânicos e também com a bandeira italiana.

“Quero levar comigo no carro toda a equipe”, disse Alonso, que deve acertar com a McLaren. A equipe britânica, contudo, afirmou que só confirmará o nome dos seus pilotos em dezembro. 


Publicidade
Publicidade