Domingo, 17 de Janeiro de 2021
FUTEBOL

Conheça o Moto Club-MA, adversário do Fast no mata-mata da Série D

Com data e horário definidos, o Fast visita neste domingo (6) o Moto Club-MA, a partida que acontece às 14h30 (horário de Manaus)



128738158_10224664338580406_8581013369615164773_n_F7B38CEC-6B68-41B9-9DF1-2B182EC3AE35.jpg Foto: Divulgação
03/12/2020 às 17:10

Com data e horário definidos, o Fast visita neste domingo (6) o Moto Club-MA, a partida que acontece às 14h30 (horário de Manaus) no Estádio Municipal Nhozinho Santos -onde o Rubro-Negro da Fabril tem mandado seus jogos nesta edição- marca a estreia do Tricolor de Aço na fase de “mata-mata” da Série D.

Em uma campanha na fase de grupos marcada pela ofensividade da equipe e pela regularidade jogando em casa, o Fast garantiu a vaga com antecedência, mas sem tempo para acomodações a diretoria logo se mexeu e trouxe inúmeros reforços para fortalecer o elenco no momento mais delicado da competição. No entanto, como o Moto Club-MA se prepara para encarar o Rolo Compressor?

Equipe experiente

Embora o time tenha uma média de idade de apenas 26,5 anos, o Papão do Norte tem como pilares na atual campanha a experiência, em posições capitais jogadores que carregam uma ampla rodagem Brasil afora. A começar pela defesa, na linha do gol o Moto conta a experiência do goleiro Saulo (31), revelado pelo Sport-PE, passou pelo tradicional ABC-RN e hoje defende as cores da equipe maranhense, tem tido atuações seguras ao longo garantindo resultados positivos dentro e fora de casa. Ainda na defesa, a dupla de zaga é formada por Ferron (35), ex-Ponte Preta, e Martony (33), que em 2019 foi peça importante no acesso do Manaus FC à série C, além do polivalente lateral esquerdo Jeff Silva (34).

Na transição ofensiva não é diferente, o setor de criação fica a cargo da experiência dos veteranos Flamel (37) e Leandro Cearense (35), que pela sua versatilidade pode ser usado até como atacante. Embora tenha muita experiência e bagagem para essa fase da competição, esses atributos podem ser tornar uma via de mão dupla quando a equipe ‘topa’ com adversários que jogam em velocidade. Proposto a jogar uma partida mais cadenciada, times com recomposições mais rápidos e transições entre defesa ataque com velocidades igualmente altas, oferecem maior perigo ao clube do nordeste brasileiro, principalmente na segunda etapa da partida.

Comando Forte

O treinador da equipe do Moto Club, é um velho conhecido do torcedor Nacionalino, Léo Goiano de 46 anos, é o responsável por comandar o rubro-negro maranhense nesta série D. O treinador teve um inicio de ano incerto, acumulando frustrações à frente do Asa-AL e do Santa Cruz de Natal-RN, onde juntando as duas passagens somou apenas quatro vitórias.

No Moto Club a chave virou, são 11 jogos, seis vitória, três empates e duas derrotas, aproveitamento de 59,5% e a invencibilidade jogando em seus domínios, campanha similar ao do Fast Clube, que também chega invicto como mandante nesta fase.

Força Total

Assim como o Fast, o Rubro Negro da Fabril, também chega sem jogadores pendurados para a próxima fase, todos cumpriram suspensão diante do Baré-RR pela última rodada da fase de grupos, portanto as duas jogarão com o que há de melhor no seu plantel.

Enquanto o Tricolor de Aço durante a semana apresentou um pacotão de reforços, todos vindos de equipes da Série C, o Moto Club tem sido mais tímido em relação em reforços. Até aqui, o clube maranhense só tem uma contratação encaminhada, a do ex-capitão do Manaus, Derlan. O Gavião anunciou a saída do atleta para acerto com o adversário do Rolo Compressor, via redes sociais. Quatro jogadores do pacote de reforços do Fast também fizeram parte do elenco do Manaus.

Até o momento, a única baixa no elenco maranhense deve ser o meia Ricardo Maranhão, que segue se recuperando de lesão muscular.

11 iniciais

Diante da possibilidade de reforços, da volta de jogadores suspensos por lesão, a equipe do Moto Club deve ter como provável escalação o seguinte time: Saulo, Guilherme Rocha, Martony, Ferron, Jeff Silva; Lucas Gonçaves, Abu, Helder, Flamel; Wallace Lima e Alan Patrick. Téc: Léo Goiano.



João Felipe

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.