Domingo, 24 de Janeiro de 2021
Novo time

Conheça o Santos Dumont EC, nova equipe do futebol AM que pretende estar no Barezão até 2025

O time que é localizado na Zona Centro-Oeste de Manaus, foi fundado no dia 21 de dezembro de 2020 e é presidido por Denis Thaumaturgo



c1f7c285-bc12-49ee-bf5e-ace57d3bf435_9C1FEE93-75D4-4826-A08C-122864BA4BB7.jpg Foto: Divulgação
08/01/2021 às 12:45

Não é novidade para o torcedor amazonense que vivemos em novos tempos do nosso futebol. No final da última década, observamos cada vez mais o movimento de jovens clubes aparecendo, com o objetivo de rivalizar com o protagonismo das tradicionais equipes. É justamente com essa ambição, que o Amazonas ganha mais um clube determinado a escrever sua história. O Santos Dumont Esporte Clube, fundado no dia 21 de dezembro de 2020, ganhou este nome justamente por conta do vínculo com a comunidade localizada no Bairro da Paz, Zona Centro-Oeste de Manaus.

“Como toda história aconteceu em torno do conjunto Santos Dumont, nada mais justo do que fundar um clube com o nome da comunidade. Além disso, se fosse um nome aleatório qualquer, teríamos que começar com uma torcida praticamente do zero. Mas quando o clube representa uma comunidade, o esperado é que os moradores apoiem o clube que os representa. No esporte todo mundo sabe que a torcida é fundamental”, explica o fundador e presidente do clube, Denis Thaumaturgo.



Com história no futebol amador, agraciada com conquistas em diferentes categorias, inclusive no tradicional Peladinho – a “base” do maior campeonato de peladas do mundo – e no antigo Peladão Indígena – competição que foi encerrada em 2015 –, Denis conta que a ideia de fundação de uma equipe que representasse a comunidade foi planejada, pois desta forma, os moradores do local e sentirão representados pelo clube.

“O futebol no Conjunto Santos Dumont sempre foi bem forte, os times de base e amadores sempre chegaram nos topos das competições mais tradicionais de Manaus. Um exemplo disso foi o título no Peladinho em 2011, a Copa Manaus de Futebol de Rua em 2014 e o Peladão Indígena em 2015. Com objetivo de profissionalizar essa potência, ao final de 2020, ano em que o conjunto completou 40 anos, juntamos um grupo de amigos que se reuniram em torno da ideia de fundar o Santos Dumont Esporte Clube. Até por acreditarem que o esporte tem sido uma considerável força de transformação social”, diz o novo cartola do futebol baré.

Quando perguntado pela reportagem sobre como o clube pretende dar os primeiros passos na estruturação, Denis conta com a base de jovens que jogam n próprio conjunto, estruturar o campo localizado no Santos Dumont e que, para o ano de 2021, já até conta com um dinheiro em caixa para colocar a mão na massa.

“Nós sempre tivemos uma base muito forte no Santos Dumont, que conta garotos oriundos de bairros adjacentes como bairro da Paz, Redenção e conjunto Hiléia. Os treinos sempre aconteceram no campo do Santos Dumont, que pretendemos estruturá-lo para começar a partir de agora um trabalho mais profissional, elevando o nível e rendimento. Para esses anos de 2021 já conseguimos 50 mil reais em apoio para arcar com algumas despesas nesses treinamentos. Sabemos que ainda é pouco na frente do que planejamos, mas já é um bom começo. Queremos apresentar muitos resultados esse ano, que com certeza abrirão portas para mais investimentos”, respondeu.

E como o objetivo é chegar na elite do Barezão, Denis lançou uma data para que sua equipe já esteja jogando com os melhores times do estado.

“Nós sempre tivemos muito sucesso em nossos objetivos, até porque nunca desistimos dos nossos sonhos, acreditamos que com honestidade e seriedade, além de apoios e boas estratégias, podemos estar até 2025 na elite do futebol profissional do Amazonas. Vamos estipular uma meta para cada ano e será uma honra para nós termos como adversários times centenários do nosso estado”, concluiu.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.