Publicidade
Esportes
TIRE DÚVIDAS

Conheça os mitos por trás da musculação durante a adolescência

Personal trainer desmistifica algumas das principais dúvidas sobre treinos, suplementos e os impactos da atividade nessa fase da vida 14/05/2017 às 05:00
Show cadimia
Divulgação
Juan Gabriel Manaus (AM)

Você com certeza já ouviu por ai alguém dizer que academia e adolescência não combinam, ou até que a prática atrapalha diretamente no crescimento do jovem. Os mitos por trás da musculação nesse período da vida são tantos que só ficam atrás da quantidade de reclamações de filhos que desejam frequentar a academia e tem o seu pedido negado.

É impossível não reconhecer, a “onda fitness” atingiu de vez o universo adolescente. A busca pelo corpo dos sonhos pode ser desencadeada por vários fatores, seja a aceitação social até claro, o combate ao sobrepeso precoce. O fato é que sim, a prática pode trazer mais benefícios na rotina dos adolescentes do que se imagina. “As vantagens da musculação na adolescência podem ser a melhora da saúde, da auto-estima, mais energia durante seu dia e até mesmo um envelhecimento mais saudável”, explica o personal trainer Solon Guedes.

Diante de tantos anseios e preocupações com a segurança dos filhos é preciso entender o que é fato e o que não passa de invenção do imaginário popular. Para isso, pedimos para Guedes nos ajudar a desvendar cinco mitos e verdades sobre a musculação na adolescência.

1 – A musculação atrapalha o crescimento do adolescente

MITO - A musculação não atrapalha o crescimento do adolescente, de acordo com o personal, na verdade a prática pode gerar melhoras para a estrutura corporal do adolescente durante o crescimento. ”O que determina o quanto o adolescente irá crescer, será o seu fator genético, que muitos contornam fazendo tratamento”, explica.

2 – O treino para adolescentes deve ser mais leve do que para os adultos

PARCIALMENTE VERDADE – “Na maior parte das vezes, o jovem quando entra na academia chega deslumbrado e pensa que o ‘pesado’ irá trazer mais resultados. Isso pode acabar acarretando tanto o overtraining (quando o corpo não se recupera por excesso de treinamento) ou lesões”.

3 – Há idade certa para começar a malhar

MITO – Um dos principais mitos cai por terra aqui: Não, não existe uma idade certa para se iniciar a musculação. Apesar disso, o profissional explica que a média de idade entre os adolescentes iniciantes costuma ser na faixa dos 15-16 anos e faz uma ressalva importante. “O certo é ter um acompanhamento para o adolescente não fazer errado a execução dos movimentos, o que é muito comum tanto em jovens quanto com os mais velhos.”

4 – Suplementos alimentares fazem mal a saúde do adolescente

MITO – Outro mito propagado com freqüência gira em torno dos famosos suplementos alimentares. Solon Guedes revela que os produtos – muitas vezes confundidos com anabolizantes – são completamente inofensivos para a saúde e devem ser consumidos sobre orientação de um nutricionista. “Os suplementos são apenas comida em pó, não fazem mal, mas claro, não substitui uma alimentação. Embora, por jovens terem um metabolismo mais ‘fraco’ é bom evitar, por ora, alguns suplementos que possam acelerar o metabolismo, como cafeína”

5 – Existem maiores riscos de lesões quando se pratica musculação na adolescência

MITO – “Como em qualquer esporte, (a musculação) é passível de lesão. Porém, a lesão na musculação se acarreta mais por realizar os movimentos de forma incorreta, frisando mais uma vez, o acompanhamento é necessário”, explica o profissional.

 

 

Publicidade
Publicidade