Publicidade
Esportes
Vasco vence Fast no beach soccer

Copa de Beach Soccer aberta com goleada do Vasco sobre o Fast

Copa está em sua terceira edição e foi aberta com um jogão cheio de gols feitos pela equipe do Vasco da Gama sobre o Fast 16/05/2013 às 12:28
Show 1
Vascaíno camisa 10 foi um dos destaques da goleada de 9 a 1 sobre o Fast
Lorenna Serrão Manaus

O Vasco da Gama goleou o Fast Clube por 9 a 1, na abertura da terceira edição da Copa do Brasil de Beach Soccer, nessa quarta-feira(15) na Arena do Centro Cultural dos Povos da Amazônia, Zona Sul de Manaus.

O Rolo Compressor, último colocado do grupo A, enfrenta o Flamengo nesta quinta-feira(16), às 20h30. A partida terá transmissão ao vivo da TV A Crítica, canal 4.

Atual campeão do torneio, o Trem Bala da Colina vai pegar o Avaí, que perdeu de 4 a 1 para o Sampaio Corrêa, nessa quarta(15). O jogo começa às 19h15.

O Fast Clube surpreendeu a equipe do Vasco nos primeiros minutos da partida, com boas defesas do goleiro Nelsinho e algumas ameaças de gol. Mas não demorou muito para o Bacalhau mostrar porque é o atual campeão do mundo. “O placar engana muito, nós tivemos muita paciência, sabíamos que o gol ia sair. Nosso goleiro também foi muito bem”, disse Jorginho, um dos principais craques do Vascão da Gama.

O Vasco abriu o placar aos 10 minutos com um gol de Lucas Tadeu, que mandou a bola no canto direito do goleiro do Fast, Nelsinho. O Tricolor de aço só empatou no segundo tempo, quando Nixon cabeceou de costas, meio que sem querer e mandou a bola direto para o gol.

Ainda no segundo tempo o Bacalhau ampliou o placar, com um gol de Marcelo Bueno e outro de Bruno Xavier. Trem Bala 3 x 1 Fast Clube.

Totalmente sem fôlego, o Tricolor de Aço, formado há 15 dias, levou uma chuva de gols dos vascaínos, que aproveitaram todas as oportunidades que surgiram na última etapa da partida. Com dois gols de Rafael Boquinha, mais dois de Lucas Tadeu, um de Mauricinho e um do goleiro Cesinha, o Vascão completou o placar e levou os torcedores do “Coliseu do Beach Soccer” ao delírio.

Melhor jogador do time fastiano, o goleiro Nelsinho disse que o time, formado por jogadores de futebol, cansou. “É muito diferente jogar na areia, a bola não vem na direção certa, eu demorei para entender isso. Nossa equipe cansou, mas agora é pensar no Flamengo, outra grande equipe, mas tudo é possível, então vamos torcer e brigar por um resultado melhor amanhã (hoje)”, pontuou.

Para Bruno Xavier, camisa oito do Vasco, esta edição é uma das mais difíceis. “A competição está muito equilibrada, tem pelo menos uns três times com condições de lutar pelo título. A nossa responsabilidade é maior, por sermos os atuais campeões”, comentou o atleta vascaíno.

Publicidade
Publicidade