Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Craque

Corinthians é absolvido no STJD e escapa de perder 4 pontos

Os juizes não acataram o pedido do promotor Alessandro Kishino que pedia a condenação do Corinthians por uma suposta escalação irregular proposital do jogador Petros em partida contra o Coritiba



1.jpg A defesa do clube paulista sustentou que a CBF e a FPF deram aval para a escalação de Petros
27/10/2014 às 17:10

Em mais um julgamento no Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) o Corinthians se livrou da acusação de escalar irregularmente o volante Petros em julgamento realizado pela manhã desta segunda-feira (27) no Rio de Janeiro.

O Timão corria risco de perder até 4 pontos multa de até R$ 100 mil ao ser denunciado no artigo 214 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva).

Uma condenação o colocaria longe do G-4 na tabela do Campeonato Brasileiro de 2014. Com 53 pontos, o Corinthians ocupa atualmente a 5º colocação e segue na briga por uma vaga na Copa Libertadores da América de 2015.

O caso

O clube paulista havia sido indiciado por conta de uma suposta escalação irregular do jogador Petros em partida contra o Coritiba no dia 3 de agosto deste ano. O jogador entrou em campo com um novo contrato que ainda não tinha entrado em vigor.

No entanto, segundo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) o caso do jogador já estava regularizado, o que induziu o Corinthians ao erro.

Por unanimidade, os quatro juízes do STJD absolveram o clube paulista e condenaram a CBF e a Federação Paulista de Futebol (FPF). As duas entidades foram multadas em R$ 10 mil reais.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.