Publicidade
Esportes
Corrida da mulher

Corrida da Mulher reúne mais de 2.500 corredoras na Ponta Negra

Entre mais de 2.500 participantes, o pódio da Corrida da Mulher foi ocupado por Márcia Magalhães, Jéssica Santos e Irene Aranha. Promovida pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej), a Corrida distribui prêmios e troféus às Mulheres de Fibra da Capital 10/03/2013 às 17:28
Show 1
Corrida reuniu muitas atletas
acritica.com* Manaus (AM)

O clima de festa tomou conta da Ponta Negra na tarde de sábado (09) com a terceira edição da Corrida da Mulher, evento que estendeu a comemoração do dia Internacional da Mulher e homenageou as guerreiras desta terra. Ao todo, uma média de 2.500 mulheres, sendo registrados mais de 20 grupos de corrida, participaram do evento mais charmoso da Cidade, promovido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej). A corrida teve um percurso de 5 km, com largada ao ado do Tropical Hotel e retorno próximo ao condomínio Jardim das Américas.

Para o titular da Semdej, Fabrício Lima, o evento superou as expectativas  e para 2014 o secretário promete uma festa ainda maior. “Já podemos dizer que a Corrida da Mulher é um evento tradicional no calendário e insubstituível; um legado para a classe feminina e para o esporte. Em 2014, espero novamente contar com todos e quebrar o recorde de participantes assim como foi este ano. Em 2012 foram 1.200 mulheres e este ano mais que dobrou”, ressaltou o Secretário Municipal de Esporte.

Mulheres no pódio

O pódio do evento mais charmoso da Cidade foi ocupado por nomes bastante conhecidos do Estado e carimbados nas principais competições nacionais e internacionais de corrida.

Cravando 16min43, Márcia Magalhães, 23, foi a primeira a cruzar a linha de chegada, conquistando o lugar mais alto do pódio. Alegre, a amazonense que já garantiu passagem este ano para ir a São Silvestre, conseguiu baixar o tempo em relação ao ano passado, quando ficou em segundo lugar na Corrida da Mulher. “Esta é a terceira corrida do ano que participo e não imaginava fazer um tempo tão bom. Consegui baixar quase quatro minutos de 2012 para
este ano. Ano passado fiz quase vinte minutos neste mesmo percurso. Então, isto quer dizer que estou melhorando cada vez mais (risos)”, comentou a atleta.

Logo atrás de Márcia Magalhães, registrando 18min04 estava Jéssica Natália dos Santos, 26. A atleta, da Prefeitura de Manaus, disse que não havia melhor forma de comemorar seu dia. “Esta Corrida é muito gostosa de participar, pois consigo vivenciar dois momentos: como atleta e também homenageada. Como corredora, fiquei bastante satisfeita com a minha colocação, pois estou muito gripada e faz alguns dias que a minha respiração está ruim, e como mulher consegui curtir meu tempo e todas as brincadeiras que são proporcionadas aqui. Foi só diversão”, comentou dos Santos.

Concorrendo com mais de duas mil mulheres, dona Irene Aranha, 42, ocupou a terceira posição ao marcar 18h45. Veterana no mundo da corrida, a atleta dedicou a vitória a sua família. “É muito legal ver tanta gente reunida num evento esportivo, principalmente numa corrida que dedicada às mulheres. Por isso, esta minha medalha vai para a minha família que torce por mim”, disse dona Irene.

Mulheres de Fibra

Representando toda a classe feminina, sete mulheres influentes da capital receberam das mãos do Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, o troféu Mulheres de Fibra, uma homenagem especial a todas aquelas que representam a mãe dedicada, a profissional bem sucedida e a mulher com opiniões prevalecentes.

O prêmio foi entregue às jornalistas Hermengarda Junqueira, Baby Rizzato, à mãe do Governador do Amazonas, Delfina Reis, à mãe do Prefeito de Manaus, Izabel Vitória (in memoriam), para a faixa-preta e disseminadora do projeto social RIA (Resgatando a Infância e a Adolescência), Andrezza Martins, à primeira-dama do Município, Goreth Garcia, e a pintora, professora desenhista e cenógrafa, Bernadete Andrade (in memoriam).

“É muito gratificante fazer parte de um evento como este e ser homenageada. Espero e tento fazer por onde representar cada mulher trabalhadora, honesta e dedicada desta Cidade. Os meus agradecimentos e extensão deste troféu a todas do Estado”, comentou Hermengarda Junqueira.


*Com informações de assessoria (Semdej)

Publicidade
Publicidade