Quarta-feira, 19 de Junho de 2019
Craque

CPI do futebol aprova quebra de sigilo bancário do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero

A decisão foi unânime entre os menbros da CPI que investiga fraudes em contratos da Confederação Brasileira de Futebol



1.jpg Marco Polo Del Nero terá as suas informações bancárias e fiscais investigadas
20/08/2015 às 14:56

Na manhã desta quinta-feira (20), a CPI do futebol anunciou um novo passo nas investigações: a quebra do sigilo bancário de Marco Polo Del Nero, presidente da CBF. O anúncio da aprovação do requerimento para a quebra do sigilo foi feito pelo presidente da CPI, senador Romário (PSB-RJ). O  a quebra de sigilo de Wagner Abrahão, empresário do Grupo Águia, também foi aprovada.

Informações bancárias e fiscais Del Nero a partir de 12 de março de 2013 serão investigadas. Já as informações de Abrahão serão investigadas entre o período de 17 de maio de 2007 e 31 de maio de 2015. A decisão foi tomada com base no depoimento do correspondente do jornal O Estado de São Paulo, Jamil Chade. A decisão foi unânime entre os menbros da comissão.

Abrahão é dono da Pallas Turismo, responsável pela logística de viagens da seleção brasileira. A receita federal já pediu os contratos da empresa . O empresário é parceiro comercial da CBF há mais de 20 anos

Em sua conta no Instagran, o senador Romário  explicou que, como homem forte da CBF, não faltam suspeitas sobre Del Nero. “Desde a renúncia de Ricardo Teixeira à presidência da CBF em março de 2012 e a sua substituição por José Maria Marin no comando da Confederação, Marco Polo Del Nero se tornou o homem forte do futebol brasileiro. E não faltam suspeitas sobre o cartola”. Romário também mencionou que todos os contratos da CBF serão investigados “Muita análise de dados pela frente”, finalizou.

Receba Novidades


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.