Publicidade
Esportes
MANAUS FC

Crias da ZL, Hamilton e Juninho falam da parceria que começou nos campos de pelada

Os dois são amigos desde pequenos. Uma amizade que iniciou nas partidas pelos campos do São José 2 e que persiste no profissional 24/01/2018 às 12:17 - Atualizado em 24/01/2018 às 15:41
Show zcr0624 10r
(Foto: Emanuel Mendes Siqueira/Emanuel Sports)
Camila Leonel Manaus (AM)

Do campo de areia do Waldirzão, no São José 2, para os campos amazonenses. Esse poderia ser um resumo da amizade do volante Juninho e do meia-atacante Hamilton do Manaus FC. Representantes da Zona Leste de Manaus, os dois jogadores, que hoje são profissionais ainda têm aquele ar descontraído formado nas peladas e a parceria no profissional tem dado certo.

Mas a amizade que nasceu e cresceu nos campos vai além das quatro linhas. O volante Juninho conta que a resenha entre as famílias sempre acontece acompanhado de churrasco.

“Somos amigos desde pequenos, jogando no Waldir Moraes e estamos aí. Uma amizade que é tanto na bola quanto no pessoal. Sempre estamos fazendo nosso ‘churras’ na casa do Canela (Hamilton) e sempre representando o pessoal da ZL (Zona Leste). É uma amizade que vai além da bola”, comentou Juninho.

Além do futebol, existem duas pessoa importantes para fortalecer a amizade e desenvolver o futebol da dupla. “Começamos no Waldizão e lá o Cubiu (Antônio Cubiu) e o Coelho (Sidney Coelho, coordenador do futebol no Waldizão) sempre deram um preparo pra gente, sempre cobrando nos treinamentos e a gente foi galgando, galgando até chegar no profissional”, explicou Juninho. “Eles sempre ajudaram a gente na humildade e a gente sempre ligava pra ele  pra fazer um trabalho extra e sempre iam lá. Temos muito a agradecer a esses caras”, completou Hamilton.

Mesmo no profissional, a dupla não abandonou a descontração e garantem que o quarto deles na concentração é sempre o mais animado. “Nosso quarto é diferenciado. A resenha é boa. A gente está todo tempo brincando, na descontração. Não é à toa que o melhor quarto da concentração é nosso”, divertiu-se Juninho.

Como companheiros de equipe, a parceria de Juninho e Hamilton também pode ajudar o Manaus a conquistar seus objetivos na temporada. A equipe joga o Campeonato Amazonense e também disputará a Copa Verde, a Série D do Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil, projeto que, segundo o volante, foi abraçado por todos.

“Todo mundo abraçou o projeto. Já estávamos no time ano passado, ficamos e agora os que chegaram agregou todo mundo no mesmo propósito e é a humildade que prevalece. Vamos levar isso dentro de campo para o resultado seja sempre positivo e levar o Manaus pra onde o futebol amazonense merece: uma divisão de acesso”, opinou.

Tanto Juninho quanto Hamilton estão no time titular do técnico Wladimir Araújo, mas o autor do gol do Manaus sobre o Nacional na primeira rodada do Barezão acredita que ninguém é absoluto.

“Não acho que tenha um titular absoluto. Tem vários atletas na equipe que são bons e todos estamos evoluindo e no meu caso e do Juninho, estamos representando a “ZL aí”, disse o atacante Hamilton.

Publicidade
Publicidade