Domingo, 19 de Maio de 2019
Craque

'Cristiano tem que entender que o treinador não é ele', disse Vanderley Luxemburgo

O treinador do Tianjin Songjiang, da China, afirmou que Cristiano Ronaldo deve interferir menos no trabalho dos treinadores do Real



1.png
Cristiano Ronaldo trabalhou com Zidane na temporada 2013/14. Na época, a imprensa madrilenha especulou um possível atrito entre os dois
06/01/2016 às 11:54

Vanderley Luxemburgo, que treinou o Real Madrid em 2005, e trabalhou com Zidane à época, elogiou o espírito de liderança do ex – comandado e mandou um “recado” para o atacante português Cristiano Ronaldo sobre a sua influência no time merengue. Segundo Luxa, em entrevista divulgada nesta quarta – feira (6) pelo jornal espanhol Marca, o astro do time e melhor jogador do mundo, precisa entender que ele não é o treinador do time.

“Zidane era um líder no vestiário quando era jogador. Assim, Cristiano deve saber que agora haverá uma pessoa com conhecimento e liderança ali. O vestiário é dos jogadores só até certo ponto, porque a partir daí pertence ao treinador. Cristiano tem que entender que o treinador não é ele, e sim, Zidane", afirmou.

Luxemburgo aproveitou também para fazer uma comparação do Real à do Barcelona onde, de acordo com Luxa, Lionel Messi não interfere no trabalho dos treinadores.

“O Barcelona é um bom exemplo para mostrar que Messi é só um jogador. Messi é um astro, mas é só um jogador. Este é o limite”, comparou.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.