Publicidade
Esportes
Craque

Curumins invadiram a Ponta Negra

Outra grande “atração” da  IV edição da Corrida dos Curumins que chamou atenção dos pequenos foi o lutador José Aldo, que levou sua filha Joana, de um ano, para participar do evento 13/10/2013 às 21:17
Show 1
Largada de uma das baterias do evento da Corrida dos Curumins
acritica.com Manaus (AM)

A Ponta Negra virou um verdadeiro parque de diversões na tarde desábado (12), com a IV edição da Corrida dos Curumins, evento realizado pela Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel). Reunindo uma média de cinco mil pessoas, sendo duas mil crianças, os pequenos puderam desfrutar não só da pista de 20 a 200m, como também do pula-pula, touro mecânico, piscina de bolinha, infláveis, escorregador, pintura no rosto, brincadeiras com palhaços, com personagens da Disney, entre outros.

“Estamos realizados com este evento que é um dos mais importantes do nosso calendário, pois acreditamos que a cultura do esporte implementada desde primeiros anos de idade, torna-se um hábito.”, disse o titular da Semjel, Fabrício Lima.

Largando na primeira bateria com ajuda do papai Sonny Ferreira, Emilly Caroline foi o bebê mais novo a participar da prova. Com cinco meses e 13 dias, a pequena deu um show de simpatia e carisma na pista montada especialmente para a classe, e conquistou a segunda medalha da “carreira”.

“A Emilly é o bebê mais novo, mas não o menos experiente. Achamos super importante que ela participe dos eventos esportivos, pois a prática leva  a perfeição”, sorriu o pai coruja, acompanhado da esposa Viviane Ferreira, que é paratriatleta e portadora de deficiência física (PCD) desde 2009.

“Estou muito orgulhosa da minha filha em seu primeiro dia das crianças, ela é linda e adora essa movimentação dos eventos. Sou triatleta, meu marido é professor de educação física, e nossa filha não poderia ficar de fora do hábito saudável”, disse Viviane.

Presença especial: Joana e Aldo

Outra grande “atração” que chamou atenção dos pequenos foi o lutador José Aldo, que levou sua filha Joana, de um ano, para participar do evento. Ao chegar, o peso-pena do UFC atendeu centenas de ferinhas que pediam autógrafos, fotos e abraços.


“É uma felicidade muito grande poder ver tantas crianças reunidas, ainda mais com a Joana fazendo parte desta brincadeira. Não há nada mais gratificante que chegar num local e ver que com seu trabalho você consegue atingir os pequenos. E tento fazer isso da melhor maneira, pode ter certeza. A Joana está adorando essa bagunça toda”, comentou o amazonense, que carregou a filhota e largou com várias crianças, fechando com chave de ouro a noite de sábado.



Publicidade
Publicidade