Domingo, 13 de Junho de 2021
História de sucesso

Da argamassa até o octógono

Conheça o lutador, professor e pedreiro, Paixão Farias, que divide o esporte e o serviço ‘braçal’ ao lado de sua filha



42ebec35-b077-4cc9-b8e5-96af00acd5e9_DBD0B306-1DF2-4E43-9AC4-E9889E02BEA3.jpg Foto: Reprodução
11/06/2021 às 09:57

Não há como negar que o público brasileiro é um dos mais apaixonados pelo MMA, mas poucos seguem o esporte como o Paixão Conceição Farias, conhecido como a 'Fera Braba'. Além de ser lutador da modalidade, Paixão tem um projeto social que ensina artes maciais para os jovens. Contudo, para sustentar a família, o lutador realiza serviços de pedreiro ao de sua filha, chamada Paula.

Aos 42 anos de idade, Paixão luta MMA há 15 anos. O lutador já venceu diversas disputas, agora, divide o conhecimento com outros meninos e meninas de várias faixas etárias, com o projeto social chamado 'Equipe Paixão Farias', ensinando Jiu-Jitsu, MMA e Muay Thai, para 30 alunos, no bairro Parque São Pedro, na Zona Oeste de Manaus. 



"Criei esse projeto há dez anos, para resgatar os jovens o mundo das drogas. Recebemos pessoas de várias idades, de criança com idade de quatro anos e meu aluno mais velho tem 46 anos. Nosso objetivo é que eles deixem a rua e foquem no esporte. Treinamos, aconselhamos, ensinamos ter disciplina. Através do projeto,  já mandamos muitos atletas para competições fora do Estado e isso me faz muito feliz", contou. 

Desde o filho mais novo, Salomão, de sete anos, até a esposa Patricia, todos estão envolvidos com a arte. Essa é a família Farias, que encontra no esporte uma esperança de uma vida melhor. 

"Eu comecei a cursar educação física na faculdade, pois penso oferecer uma vida melhor. Quero me especializar , tanto em musculação, quanto na luta. Meu sonho é ver meus filhos e também as garotadas em competições para fora de Manaus e em eventos grandes. Outro sonho é ter um espaço maior, para aplicar minhas aulas da melhor forma, trazendo qualidade", revelou.
 
Não importa o serviço, eles estão sempre pegando no pesado, literalmente. Paixão e sua filha Paula Farias, de 19 anos, além de compartilhar os momentos no octógono, também ralam na alvenaria. Pai e filha trabalham em alguns serviços de pedreiro para ajudar no sustento da família.
 
"A noite dou aula no meu projeto e em outras academia. Durante o dia, trabalho com reformas e estudo. Eu com minha filha, temos uma parceria demais. Trabalhamos para pagar as contas, ajudar no sustento da casa e no nossos estudos", contou todo orgulhoso. 

No dia 24 de julho, o 'Fera Braba' tem um novo desafio pelo Camma-AM Fight 2, contra o Jackson Brandão, o Curirim. A disputa será realizado na Associação das Praças da Polícia e Bombeiro Militar do Amazonas, localizado na Avenida Torquanto Tapajós, 5816.

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.