Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020
COM DIVERSOS TÍTULOS

Daniel Alves busca acrescentar nova página à história da Juventus

Time tenta acabar com uma espera de 21 anos pelo título da Liga dos Campeões ao enfrentar o Real Madrid neste sábado



DANIEL_ALVES0555.jpg (Foto: Reuters)
03/06/2017 às 05:00

Daniel Alves espera que sua propensão a ganhar títulos recaia sobre seus companheiros de equipe, uma vez que a Juventus tenta acabar com uma espera de 21 anos pelo título da Liga dos Campeões ao enfrentar o Real Madrid neste sábado.

Durante oito anos repletos de troféus no Barcelona, o lateral-direito brasileiro de 34 anos venceu a Liga dos Campeões três vezes, assim como três Mundiais da Fifa e três Supercopas da Uefa.



Acrescentando as duas Copas da Uefa que o brasileiro venceu com o Sevilha, se torna óbvio o motivo de a Juventus sentir que Daniel Alves é um jogador que pode guiar o clube à glória europeia.

Daniel Alves não é amante dos livros sobre o passado e diz que sua vasta coleção de troféus não irá significar nada, caso a Juventus não vença no National Stadium, em Cardiff, no País de Gales.

“Os momentos que você teve são somente história, mas a história é feita a todo momento”, disse o jogador nesta sexta-feira a repórteres. Daniel Alves foi essencial na conquista doméstica dupla da Juventus, após ter sido contratado no ano passado.

“Você precisa tentar todos os dias acrescentar páginas a esta história –a vida me trouxe a este time para tentar entregar este sonho”, disse.

“Não me sinto mais importante só porque eu passei por isto. Eu só vim para tentar compartilhar este sonho com eles.”

Daniel Alves é o segundo jogador de futebol de todos os tempos mais premiado em competições europeias, com nove medalhas – uma a menos do que o ex-defensor do Milan Paolo Maldini.

Ele venceu a Liga dos Campeões nas temporadas 2008-2009 e 2010-2011 e novamente em 2014-2015 com o Barcelona, quando a Juventus perdeu na final.


Mais de Acritica.com

20 Jan
trans_8C3DB8BB-BCF9-43E8-B068-3BED79D3DBF5.JPG

Mutirão retifica nomes e assegura identidade de travestis e transsexuais

20/01/2020 às 20:27

Como o procedimento feito diretamente no cartório não é tão simples (a lista de documentos exigidos é extensa) e nem sempre é barato (custa em média entre R$350 a R$ 400), a ação visa não somente facilitar a vida das pessoas transexuais que desejam alterar o nome e gênero de registro em sua documentação de nascimento, como também vai acompanhar e custear a certidão de tabelionato de protestos


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.