Quarta-feira, 29 de Janeiro de 2020
PREPARAÇÃO

Jonathan treina nas férias visando ano mais importante pelo Manaus FC

No Manaus desde a criação do clube, em 2013, Jonathan se prepara para brilhar na Série C na próxima temporada



WhatsApp_Image_2019-12-20_at_21.22.52_4054C028-0529-49C6-87FD-161B2EB244DD.jpeg Foto: Junio Matos
21/12/2019 às 17:39

A temporada de 2020 será especial para o Manaus FC. Após conseguir o acesso à Série C do Brasileiro, o Gavião do Norte vai jogar pela primeira vez a terceira divisão do futebol nacional. Além disso, vai defender o tricampeonato estadual no Amazonense e vai tentar alçar voos mais altos na Copa do Brasil.

E para representar bem não só a equipe, mas todo o futebol amazonense, vale até manter a forma física e se preparar durante o período de férias. É o que está fazendo o goleiro Jonathan, atleta que está no Gavião do Norte desde a criação do clube, em 2013, e se tornou uma das lideranças da equipe a partir de 2015, quando virou dono da titularidade da posição.



“2020 vai ser muito importante não só pelas competições em si, mas também pelo Estado. Nosso futebol estava precisando de uma temporada como essa. Acho que será um ano mais importante do que 2018, quando estreamos na ‘D’, e 2019, onde conseguimos o acesso. Agora é Série C, então temos muito trabalho pela frente. É uma competição diferente do que vínhamos disputando”, analisou Jonathan.

Mantendo força e ritmo

O calendário de 2020 será extenso. Só no Estadual, serão aproximadamente 15 datas. No Brasileiro Série C, com formato de dois grupos com 10 times, onde uma equipe enfrenta as outras em casa e fora, serão 18. Em Copa do Brasil e Copa Verde - que ainda tem realização incerta -, os desafios dependem da campanha da equipe.

Visando esse número de partidas, que podem passar das 45 - em 2019 foram 38 jogos no ano -, Jonathan tem trabalhado mesmo nas férias com a ajuda do preparador físico Andrey Ihara.


Goleiro tem se preparado mesmo durante as férias. Foto: Junio Matos

“Venho me preparando assim desde 2017, quando conquistamos o primeiro Amazonense e surgiram outras competições para o Manaus, como a Série D e a Copa Verde. Agora estou trabalhando a parte física mais voltada ao futebol, com o intuito de manter a força e não ficar parado”, contou o goleiro.

Para Andrey, preparador que tem acompanhado Jonathan no processo, tudo tem sido feito visando o sucesso do atleta em 2020. “Estamos há cerca de 20 dias trabalhando aqui. Nosso objetivo, principalmente, é que ele ganhe potência e massa muscular. Tudo em para que ele tenha sucesso na temporada. É um profissional exemplar, como poucos”, exaltou Andrey Ihara.

Concorrência interna

Dono da posição há mais de quatro temporadas, Jonathan ganhou uma ‘experiente’ sombra para 2020. Com a saída de Milton, reserva imediato do amazonense, a diretoria do Gavião do Norte trouxe o goleiro Gleibson, campeão da Série D em 2018 com o Ferroviário-CE e que estava no Juazeirense-BA, em 2019.

Nada que seja um problema para Jonathan. Perguntado se a preparação já é um reflexo da concorrência, o goleiro disse que o pensamento individual é só durante a preparação nas férias. Na reapresentação, o espírito coletivo fala mais alto.


Jonathan foi destaque na campanha que deu o acesso ao Manaus. Foto: Denir Simplício

“Não vejo a nossa disputa ainda. Por enquanto olho para mim e penso em dar o meu melhor. Se eu não estiver dentro de campo, será uma escolha do professor Fajardo (treinador do Manaus). Mas vou estar torcendo e ajudando os meus companheiros do mesmo jeito. Eles ou eu indo bem, quem ganha é o Manaus. Futebol é um esporte coletivo”, concluiu o goleiro.

News leonardo 9028af08 26fb 4271 b322 4409cded8370
Repórter do Craque
Jornalista em formação na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e repórter do caderno de esportes Craque, de A Crítica. Manauara fã da informação e que procura aproximar o leitor de histórias – do futebol ao badminton.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.