Publicidade
Esportes
Craque

De promessa a reserva, Júnior Neymar reconquista confiança na reta final do Barezão

Tido como promessa do Penarol no campeonato, o jogador amargou a reserva do Leão, mas voltou a apresentar bom futebol e tem reconquistado a confiança do treinador 21/05/2015 às 20:23
Show 1
Júnior Neymar fez um milagre no fim do jogo
Felipe de Paula Manaus (AM)

O Penarol conseguiu, aos 49 minutos do segundo tempo no tenso jogo contra o Rio Negro, nesta quarta-feira, em Itacoatiara, o gol que (com o empate do São Raimundo) lhe garantiria a classificação para uma das semifinais do Campeonato Amazonense. A jogada: um lance de escanteio, cobrado por Rafael Vieira, em que o atacante Júnior Neymar brigou de cabeça e conseguiu, após desvio do zagueiro, completar para o gol, que acabou sendo atribuído ao jogador que fez a cobrança.

A jogada, no entanto, de contribuição incontestável do jovem atacante, é representativa da participação crescente do jogador nas últimas e decisivas partidas do Leão da Velha Serpa. Tido como promessa do Penarol no campeonato, o jogador que tem apelido de craque foi disputado no início da competição e chegou a ser anunciado pelo Nacional, mas acabou parando em Itacoatiara.

No entanto, o manacapuruense de 20 anos,  que tem apenas um gol e uma assistência no Barezão, chegou a frequentar o banco de reservas do Leão, mas após contusão seguida de doença de Tety, fez boas atuações e reconquistou a titularidade no Leão.“Havia uma expectativa muito grande sobre mim e acho que não estava conseguindo desempenhar um bom futebol, mas com o apoio do grupo e da comissão técnica, tenho conseguido uma boa evolução”, disse ele, que, por outro lado, falou de outra faceta, mais discreta, de sua contruição em campo.

“Não tenho feito muitos gols, mas ajudado muito na marcação, em jogadas de linha de fundo e servindo meus companheiros”, disse ele, que tambéms e diz “tranquilo” quanto ao fato do gol contrao o Rio Negro ter sido computado para o autor da cobrança de escanteio. “O importante é que conseguimos o objetivo, disse, com humildade.

O técnico Marquinhos Piter, que comemorou muito o resultado do último jogo, é outro que está feliz com o desempenho do atleta. “Quando o Júnior chegou, eu falei que ele era um bom jogador, mas também falei que tinha que ter paciência com ele. Ele jogou a segunda divisão. Respeitando os times que partiparam da competição, é outro nível, mais fraco que a primeira. É um jogador de muita qualidade, cara obediente taticamente, que nós viemos lapidando. Apesar de ele não vir fazendo gols, tem nos ajudado muito”, disse o treinador, que agora vê o atleta em condições “briga boa” com o também bom atacante Tety, com seis gols no campeonato, embora deixe transparecer que Neymar continuará sendo titular.

Próxima partida

Já classificado em quarto lugar na tabela do Barezão, o Penarol fez apenas um treino regenerativo na tarde de hoje, em Itacoatiara, e se prepara para a última rodada do campeonato, no próximo sábado, contra o Iranduba, no Campo da Ulbra.

Publicidade
Publicidade