Sábado, 17 de Agosto de 2019
RESULTADOS

De Randamie e Faber atropelam em noite ruim para o Brasil no UFC

Experientes venceram suas lutas principais de maneira incontestável, ambos antes de um minuto de combate; dos cinco brasileiros, apenas o estreante John Allan conseguiu sair vitorioso



germaine_A499E744-3394-4A53-BA68-A88898C336A3.jpg
14/07/2019 às 09:55

Realizado neste sábado (13), em Sacramento (EUA), o UFC Fight Night 155 contou com bons momentos no card principal. No main event, a holandesa Germaine de Randamie precisou de apenas 16 segundos para nocautear e colocar fim à invencibilidade de Aspen Ladd. Na luta co-principal, Urijah Faber retornou após aposentadoria de dois anos e nocauteou Ricky Simon também no primeiro round. 

No card, cinco brasileiros estiveram em ação e apenas o estreante John Allan saiu vencedor ao derrotar Mike Rodriguez. Wellington Turman, Cezar Mutante, Sheymon Moraes e Livinha Souza acabaram sendo derrotados por seus respectivos adversários. 

De Randamie nocauteia Ladd em segundos 

Germaine de Randamie precisou de apenas 16 segundos para derrotar Aspen Ladd na luta principal do UFC Sacramento. A holandesa conectou um potente direto de direita sobre a americana, que já caiu e o árbitro Herb Dean, sem pestanejar, interrompeu o confronto. Desta forma, a holandesa venceu sua quinta luta consecutiva no UFC, enquanto Ladd perde sua primeira luta no MMA após oito triunfos contabilizados. 

Faber volta de aposentadoria com grande vitória

No auge de seus 40 anos e retornando após dois anos de aposentadoria, Urijah Faber voltou de forma triunfal ao UFC. Lutando em sua cidade natal, o "California Kid", ainda no primeiro round, conectou um potente cruzado de direita, que pegou em cheio no queixo de Ricky Simon. O adversário caiu e Faber partiu para cima, precisando de apenas mais alguns golpes para o árbitro interromper o combate de maneira polêmica. É o retorno do veterano em grande estilo ao Ultimate.

Turman é derrotado em primeira luta no UFC

Logo nos primeiros segundos, Wellington Turman e Karl Roberson travaram um duelo insano na trocação. Mostrando estar em dia com a estratégia, o brasileiro controlou as ações e derrubou o adversário sem dificuldades. Ao tentar finalizar, o paranaense ficou por baixo e chegou a tentar um armlock partindo da guarda fechada, mas também precisou lidar com os golpes do americano no ground and pound. No segundo round, os dois atletas seguiram o roteiro do assalto anterior, com Turman grudando nas costas e conseguindo a queda, porém, sem muitas ações. 

No terceiro round, novamente Wellington Turman derrubou Roberson e, desta vez, conseguiu mostrar mais domínio, conseguindo a transição para as costas. O brasileiro tentou finalizar no estrangulamento, mas viu o americano escapar mais uma vez. No fim, após 15 minutos de luta, Karl saiu com a vitória por decisão dividida dos jurados. 

Mutante é dominado por italiano e perde novamente

Bem ofensivo, Marvin Vettori partiu para cima de Cezar Mutante desde os primeiros momentos da luta, com bons golpes, alguns deles entrando "limpos" no rosto do brasileiro. No segundo round, os dois lutadores travaram um duelo mais agarrado por alguns momentos, mas o italiano tratou de se distanciar e seguiu superior na trocação, castigando Cezar com diversos socos oriundos de boas combinações. 

No terceiro assalto, o pupilo de Rafael Cordeiro seguiu com um arsenal de bons golpes na luta em pé, sendo completamente dominante contra Cezar Mutante. Depois de três rounds, o italiano foi declarado vencedor na unanimidade e se recuperou da derrota sofrida para Israel Adesanya, enquanto o brasileiro, que já vinha de revés para Ian Heinisch, volta a perder no UFC. 

John Allan estreia com vitória no UFC

Sem tempo para estudo ou cautela, Mike Rodriguez e John Allan partiram para a trocação franca desde o início, com o americano tendo vantagem inicial e mais potência nos golpes. O brasileiro, então, levou a luta para o chão, onde permaneceu por cima por algum tempo. Antes do fim do primeiro round, o duelo voltou a ficar em pé, sem maiores ações. No segundo assalto, Allan voltou a receber um forte soco, mas assim como na parcial anterior, voltou a derrubar, mas acabou ficando por baixo. Na reta final, John tentou finalizar no armlock e na guilhotina, mas não teve sucesso. 

Logo no início do terceiro round, John Allan recebeu uma forte joelhada na parte genital. Na volta do combate, os dois lutadores seguiram travando combate equilibrado na trocação, mas o brasileiro voltou a colocar o americano no chão, onde, desta vez por cima, conectou alguns golpes importantes. O confronto voltou a ficar em pé e o paranaense aproveitou o cansaço do oponente para golpeá-lo, contabilizando pontos essenciais para os árbitros. No fim, Allan saiu com o triunfo por decisão unânime, estreando com vitória na franquia. 

Sheymon perde a segunda consecutiva

Sheymon Moraes e Andre Fili começaram o duelo de forma estudada na trocação. O americano explorava socos e chutes, enquanto o brasileiro buscava a melhor distância para golpear. Em um desses chutes, aplicado com extrema precisão, Fili conectou em cheio no lutador de Niterói, que balançou. Na sequência, Andre voltou a levar Sheymon a knockdown, indo para o chão. Andre, então, sacramentou seu triunfo com golpes no ground and pound até a interrupção do árbitro, emplacando sua segunda vitória consecutiva. Por outro lado, Moraes amargou seu segundo revés em sequência. 

Livinha é superada por americana

Ex-campeã do Invicta FC, Livinha Souza e Brianna van Buren iniciaram o duelo na luta agarrada, com a americana pressionando a brasileira contra a grade. Melhor na trocação, Brianna levou vantagem no primeiro round. No segundo assalto, van Buren aumentou o ritmo de suas investidas e chegou a "balançar" Livinha com uma ótima sequência de golpes e combinações, consolidando sua superioridade no combate. 

No terceiro e último round, Livinha bem que tentou reverter a desvantagem, mas foi derrubada pela americana. Quando a luta voltou a ficar em pé, Brianna seguiu melhor e confirmou sua vitória por decisão unânime, estreando no Ultimate com um bom resultado e desempenho satisfatório. 

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Fight Night 155
Sábado, 13 de julho de 2019
Sacramento, nos Estados Unidos

Card principal 
Germaine de Randamie derrotou Aspen Ladd por nocaute no 1R
Urijah Faber derrotou Ricky Simón por nocaute técnico no 1R
Josh Emmett derrotou Mirsad Bektic por nocaute técnico no 1R
Karl Roberson derrotou Wellington Turman por decisão dividida dos jurados
Marvin Vettori derrotou Cezar Mutante por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
John Allan derrotou Mike Rodriguez por decisão unânime dos jurados
Andre Fili derrotou Sheymon Moraes por nocaute técnico no 1R
Julianna Peña derrotou Nicco Montaño por decisão unânime dos jurados 
Ryan Hall derrotou Darren Elkins por decisão unânime dos jurados
Jonathan Martinez derrotou Pingyuan Liu por nocaute no 2R
Brianna van Buren derrotou Livinha Souza por decisão unânime dos jurados 
Benito Lopez derrotou Vince Morales por decisão unânime dos jurados

Receba Novidades

* campo obrigatório
News tatame 9e1f511c 1dc3 441c 92ab 4c0483390de3
A revista do Lutador
Principal publicação de artes marciais do País, fornecendo conteúdo sobre lutas em diversas plataformas.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.