Publicidade
Esportes
Série B

De virada e com golaço, Vasco vence CRB e se isola na liderança

O Vasco saiu atrás, mas conseguiu reverter o placar contra o CRB 25/06/2016 às 21:30 - Atualizado em 26/06/2016 às 16:21
Show martin
Martín SIlva fechou o gol vascaíno confirmando a vitória da equipe de São Januário (Foto: Carlos Gregório/Vasco.com.br)
acritica.com Manaus (AM)

De virada, o Vasco venceu o CRB, no estádio Rei Pelé, pela 12° rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Lúcio Maranhão abriu o palacar para o CRB em falha da zaga vascaína, mas Leandrão e Andrezinho, em um golaço olímpico, reverteram a desvantagem inicial. O Vasco ainda contou com belas defesas de Martin Silva, que defendeu um pênalti nos acréscimos. Com o resultado, o Vasco chega aos 28 pontos, cinco a mais que o vice-líder, Ceará.

Na próxima rodada, o Vasco joga contra o Paraná, na terça-feira (28), às 19h30, em São Januário. Já o CRB joga contra o Joinville, às 18h15.

Com Rodrigo suspenso, o Vasco teve uma baixa logo no aquecimento antes do início do jogo. O zagueiro Jomar sentiu dores no joelho e deu lugar a Aislan.

O primeiro tempo foi marcado pela agressividade ofensiva do CRB e pela eficiência Vasco em seus ataques. Nos primeiros 15 minutos, o time da casa comandou as ações, principalmente pelo setor direito de ataque. O goleiro Martín Silva teve que trabalhar muito. Aos 12 minutos, em cobrança de falta, Jussani encheu o pé e obrigou o uruguaio a fazer uma ótima defesa em dois tempos. Momentos depois, Wellinton Júnior ficou cara a cara com o camisa 1, mas perdeu outra oportunidade, chutando para fora.

A superioridade do CRB virou gol aos 26 minutos. Júlio César recuou para Aislan, que não conseguiu alcançar a bola, e Lúcio Maranhão ficou livre na área para marcar o primeiro gol do jogo. Precisando dar uma resposta rapidamente, o atacante Leandrão recebeu uma boa bola na área aos 29 minutos. O camisa 9 tirou a zaga do CRB da jogada e conseguiu um chute no cantinho do goleiro Juliano, sem chance de defesa. Após o gol, o Gigante da Colina se abriu mais na partida e teve mais uma ótima oportunidade em chute de fora da área de Jorge Henrique aos 43 minutos. O primeiro terminou empatado em 1 a 1.

Com mais organização e posse de bola, o Vasco voltou com tudo no segundo tempo. Antes do primeiro minuto de partida, o  meia Nenê encontrou Leandrão em boa posição na área. O atacante cabeceou, e Juliano fez grande defesa. Em lance de bola parada, o CRB respondeu aos 10 minutos. Diego cobrou falta, e Boaventura jogou para fora.

Sem muita chance de finalizar na primeira etapa, o talento de Andrezinho prevaleceu aos 14 minutos do segundo tempo. Em escanteio pela esquerda de ataque do Vasco, o armador cobrou direto e surpreendeu o goleiro Juliano. Golaço olímpico e virada vascaína!

Após ficar na frente o placar, a equipe da casa partiu para cima e o goleiro Martín Silva começou a aparecer mais na partida. Aos 25 minutos, Galdezani encheu o pé de longe e obrigou o uruguaio a fazer grande defesa. Poucos minutos depois, foi a vez de Gerson Magrão, de primeira, tentar o empate e esbarrar no camisa 1 do Vasco.

Mas o melhor ficou guardado para o final. Aos 43 minutos, Galdezani caiu na área, o árbitro mandou seguir, e depois da marcação do assistente, voltou atrás e assinalou o pênalti. Podendo empatar a partida, Diego foi para cobrança e chutou no canto esquerdo de Martín Silva, que pulou para fazer a defesa e garantir o triunfo vascaíno.

Publicidade
Publicidade