Publicidade
Esportes
SURPRESA

De virada, Sul América vence Fast e conquista a primeira vitória no Barezão 2019

Atacante Charles Chenko desperdiçou pênalti e Rolo Compressor parou na defesa do Sulão em jogo nesta quarta-feira (20) 20/02/2019 às 23:11
Show whatsapp image 2019 02 20 at 20.56.26 667b629b d4b8 4db7 bcdd 1b150404d09f
Foto: Antônio Lima
Gabriel Ferreira Manaus (AM)

O Sul América surpreendeu o Fast e venceu de virada pelo placar de 2 a 1, no jogo da quarta rodada do estadual, realizado no estádio Ismael Benigno, situado na Glória, Zona Oeste de Manaus. Os gols do Sul América foram marcado por Derick e Rondinelli. Pelo Fast, Ronan fez o gol.

O jogo

A partida começou movimentada para os dois lados, mas, somente aos 18 minutos, o Fast abriu o placar com chute colocado da entrada da grande área do camisa 7, Ronan. A partir do primeiro gol, o Rolo Compressor passou a ter o domínio da partida.

Aos 24, Ronan recebeu a bola sozinho dos pés de Dinamite e, na pequena área, livre de marcação desperdiçou a chance do segundo gol chutando em cima do goleiro Darlan, do Sul América.

Sem muito espaço para infiltrar na área do Fast, o ataque do Sul América arriscava chutes de fora da área, buscando surpreender o goleiro.

Aos 34, o lateral direito Romarinho cruzou a bola na pequena área e Derick subiu sozinho para empatar a partida.

Após o empate, o jogo voltou a ficar equilibrado. Aos 41, Magno aproveitou cobrança de escanteio de Romarinho e cabeceou no meio do gol para defesa do goleiro Roger Kath, do Fast.

A segunda etapa começou equilibrada e com bastante disputa de bola no meio de campo.

Aos 14, após bate e rebate na pequena área, o capitão Rondinelli fez o gol da virada do Sulão. Na raça, o Sul América segurava a pressão do Tricolor de Aço buscando garantir a primeira vitória na competição.

Aos 26, Willian Sarôa cobrou falta perigosa e de soco o goleiro Darlan mandou para a lateral.


Ataque do Fast parou na marcação do Sul América. Foto: Antônio Lima

Após pressão do Fast, Geovane avançou em velocidade aos 30 minutos pela direita e ao entrar na pequena área foi derrubado. Pênalti.

Charles Chenko foi para a cobrança e o goleiro Darlan defendeu o chute no canto esquerdo. Até o último minuto o Fast pressionou o Sulão, mas o time do técnico Marcelo Galvão segurou o resultado.

Publicidade
Publicidade