Publicidade
Esportes
Rio Negro

De volta ao Rio Negro, Wagner Diniz fala em concentração para um 'jogo bom de jogar'

O lateral direito tem três assistências no campeonato e falou sobre a preparação do Galo para as quartas de final contra o Nacional neste sábado (24) 24/03/2018 às 08:58 - Atualizado em 24/03/2018 às 09:01
Show diniz
Após cumprir suspensão na partida contra o São Raimundo, o jogador pode voltar hoje (Foto: Jair Araújo)
Camila Leonel Manaus (AM)

Wagner Diniz está de volta! Após cumprir suspensão na partida contra o São Raimundo, o lateral direito do Rio Negro pode voltar para o Rio-Nal deste sábado (24), às 15h, no estádio Carlos Zamith, Zona Leste de Manaus.  A partida é válida pelas quartas de final do segundo turno do Campeonato Amazonense e o camisa 2 fala que apesar da importância da partida está com a cabeça tranquila.

“Esse jogo é importantíssimo, pois as duas equipes vão procurar a vitória a todo momento. É um jogo eliminatório. Não pode errar, tem que ta concentrado 100%, então a cabeça está tranquila só querendo que chegue logo sábado para que aconteça esse jogo tão bom de se jogar, onde todos os atletas querem estar atuando”, disse o jogador que além da calma, mostra confiança no plantel rio negrino.

 “Creio que nossa equipe vai mostrar o que vem fazendo durante as partidas de classificação, mas com mais atenção, mais qualidade. A preparação está sendo boa. A cada dia a rapaziada tá se dedicando ao máximo, porque sabemos da importância do jogo. É um mata-mata e precisamos minimizar os erros o máximo possível para não ter surpresas”, explica.

No Barezão, Wagner Diniz tem três assistências e mesmo aos 34 anos, mostra disposição e velocidade para apoiar tanto na defesa quanto no ataque. Perguntado sobre o segredo para essa efetividade, ele é objetivo: trabalho.

“Fico feliz por estar ajudando a equipe da melhor forma possível, dando assistência aos atacantes, os homens de frente. Isso é fruto de trabalho não só meu como de toda a equipe que tem se dedicado ao máximo todos os dias e isso se torna mais fácil nos jogos. Nossas conversas tocam em pontos importantes de ataque e isso está dando resultado. Nossa equipe é uma equipe que escuta o companheiro falar que conversa. Cobrança existe como toda equipe tem, mas nossa equipe filtra de uma maneira legal”, confessa o jogador que acredita em crescimento do Galo caso passe para a semifinal.

“Vai ser bom para o crescimento da nossa equipe, que vem crescendo bastante jogo após jogo. Este é um momento que não podemos vacilar, porque se vacilarmos estaremos fora e não é isso o que a gente quer”, finalizou o jogador.

Publicidade
Publicidade