Publicidade
Esportes
Craque

De volta às origens: emocionado, D'alessandro dá adeus ao Internacional e retorna ao River Plate

Meia argentino volta a vestir a camisa do clube que o revelou para o futebol. Após oito anos, o jogador deixa o Colorado para disputar a Libertadores da América pelos Millonarios 03/02/2016 às 16:11
Show 1
Rumo ao River Plate, D'Alessandro se emociona na despedida do Inter.
ACRITICA.COM* Manaus (AM)

O meia D’Alessandro concedeu entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (3), no estádio Beira-Rio, e confirmou que está deixando o Internacional. O jogador foi emprestado pelo período de um ano para o River Plate, da Argentina onde realizará o sonho de disputar mais uma vez a Taça Libertadores da América.

"Por todas as conquistas, por tudo que ele nos ajudou, não tivemos como dizer não a esse desejo do D'Alessandro de jogar a Libertadores pelo River. Ele será liberado para jogar este ano", explicou o presidente do Inter, Vitorio Piffero.

D'Ale falou com os repórteres sobre a saída do time que defendeu nas últimas oito temporadas. E não foi fácil para o ídolo conter a emoção. Por quatro vezes, ele desabou em lágrimas. Porém, a chance oferecida pelo time que o revelou para o futebol pesou na decisão de regressar ao seu país de origem.


"É verdade, estou saindo do clube, por uma vontade minha. Não é nada fácil. Convivi com pessoas que me ajudaram muito. Sou uma pessoa muito melhor graças a eles. Estou voltando para a minha terra, para ficar mais próximo da minha família e jogar no time onde comecei depois de 13 anos. É uma mistura de tristeza com alegria. Acho que agora é o momento certo para dar uma parada. O que passei aqui não se compara com nenhuma outra coisa. Tenho muito orgulho de tudo que vivi aqui. Nada pode apagar isso. É muito difícil passar pelo vestiário e se despedir dos companheiros e funcionários, mas ver que eles se emocionam com a minha ida me deixa ainda mais orgulhoso. As lembranças do que vivi no Inter fazem muito bem ao meu coração", declarou o meia.

Possível retorno

O camisa 10 do Colorado falou que uma etapa no Inter chegava ao final, mas não descartou voltar a defender o clube gaúcho.


"Estou fechando uma etapa. O ciclo não termina aqui. Espero cumpri-lo, pois tenho vínculo com o Inter até 2017. Não posso prometer nada, mas se tudo correr bem, minha história não termina aqui. Acredito muito neste grupo. Acredito que os títulos da Copa do Brasil e do Brasileirão possam ser alcançados neste ano. Eu não vou estar aqui, mas estarei torcendo. E sei que o torcedor colorado também vai me acompanhar na Argentina. O importante é que eles sigam apoiando o Inter. O importante é o clube e a torcida. Eu estou de saída, mas isso fica", disse.

Adeus ao Beira-Rio

Assim que deixou a Sala de Conferência, D'Ale foi ao encontro de torcedores que estavam concentrados no pátio do estádio. Foi recebido com agradecimentos e lágrimas. "Tu é o cara! Muito obrigado por tudo!", dizia a torcida. Ainda muito emocionado, o meia distribuiu abraços e tirou algumas fotos. Antes de deixar o Beira-Rio, foi se despedir do gramado onde protagonizou tantos momentos importantes

Com a camisa do Inter, o meia disputou 340 partidas, marcou 76 e gols e foi responsável por 79 assistências. Foi campeão da Copa Sul-Americana (2008), Libertadores (2010), Recopa (2011) e Gauchão (2009, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015).

*Com informações da assessoria

Publicidade
Publicidade