Publicidade
Esportes
Craque

Decisão polêmica: UFC 195 tem luta principal "brutal", mas resultado não agradou público

No duelo pelo conturão dos meio-médios, Robbie Lawler e Carlos Condit fizeram luta épica, mas a decisão dos juízes foi contestada até pelo pratrão, Dana White 03/01/2016 às 15:29
Show 1
Lawler manteve o cinturão dos meio-médios em decisão que não agradou o público.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

O UFC 195 abriu 2016 com primeiro evento do ano neste final de semana, em Las Vegas, nos Estados Unidos, e como já era esperado, uma guerra em pé marcou a principal luta da noite. O atual campeão dos meio-médios Robbie Lawler sofreu muito para manter o cinturão da categoria ao vencer, por decisão polêmica dos juízes, o compatriota Carlos Condit, que cumpriu a promessa de um combate violento pelo título.

Com muita trocação durante todos os cinco rounds do confronto, os lutadores arrancaram sangue um do outro e levaram o público ao delírio. O quinto assalto, em especial, foi memorável, com trocação brutal de golpes, e levou a um resultado de 47-48, 48-47 e 48-47 em favor do campeão, que defendeu o cinturão pela segunda vez.

Logo que foi divulgado o resultado da luta, parte da torcida vaiou por achar que Carlos Condit foi melhor no combate.

“Foi uma luta próxima, há uma chance de eu ter sido melhor. Mas não vou me apoiar nisso, mesmo no quinto round, se você acha que está vencendo, você precisa continuar batendo. Eu achei que eu tinha três rounds, mas é por isso que você não pode deixar na mão dos juízes…”, afirmou Condit.


Lawler, mesmo mantendo o cinturão da categoria, deu sinais de que seu oponente foi muito bem e sugeriu uma revanche. “Carlos é um baita cara, vem de uma das melhores equipes do mundo. Teve uma grande estratégia e foi bem na luta. Tivemos dois vencedores esta noite, vamos fazer isso de novo!”, concluiu.

Decisão não agradou o patrão

A decisão dos juízes não foi muito bem digerida pelo presidente do UFC, Dana White, que discordou do resultado.

“Nós não decidimos as lutas aqui, mas realmente foi uma "lutaça". Acho que Condit fez a luta da vida dele, ele tentou aplicar cerca de 500 golpes significativos esta noite, é uma loucura. Para mim, foram 3 rounds a 2 para o Condit, mas não sou juiz, ninguém dá a mínima para o que penso. Tenho respeito por Robbie, ele fez o que tinha que fazer no quinto round e foi um dos melhores de todos os tempos”, opinou Dana, analisando o combate.

“Para mim, Condit ganhou o primeiro e Lawler o segundo. Aí depende do terceiro round, em que Condit estava melhor no começo, mas desacelerou. Aí dei ao Condit o quarto e a Lawler o quinto”, finalizou o presidente do Ultimate.

Resultados do UFC 195:

Robbie Lawler derrotou Carlos Condit por decisão dividida dos juízes
Stipe Miocic derrotou Andrei Arlovski por nocaute técnico no 1R
Albert Tumenov derrotou Lorenz Larkin por decisão dividida dos juízes
Brian Ortega finalizou Diego Brandão com um triângulo no 3R
Abel Trujillo finalizou Tony Sims com uma guilhotina no 1R
 

Card preliminar

Michael McDonald finalizou Masanori Kanehara com um mata-leão no 2R
Alex Morono derrotou Kyle Noke por decisão dividida dos juízes
Justine Kish derrotou Nina Ansaroff por decisão unânime dos juízes
Drew Dober derrotou Scott Holtzman por decisão unânime dos juízes
Dustin Poirier derrotou Joseph Duffy por decisão unânime dos juízes
Michinori Tanaka derrotou Joe Soto por decisão dividida dos juízes
Sheldon Westcott derrotou Edgar Garcia por nocaute técnico no 1R


Publicidade
Publicidade