Sexta-feira, 22 de Outubro de 2021
CENÁRIO

Derlan deixa o Manaus e encaminha acerto com o Moto Club-MA da Série D

Com 96 partidas no Gavião do Norte, o volante é mais um que não defenderá a equipe na última rodada da fase de grupos da Série C



129332078_10224656897234377_2099989957267633779_o_7F84059E-1BB7-4804-84A7-5C18A5495896.jpg Foto: Ismael Monteiro/Manaus FC
02/12/2020 às 18:28

Capitão do acesso em 2019, o volante Derlan é mais um que deixa o Manaus FC antes da última rodada da primeira fase da Série C. O anuncio da rescisão foi realizado na tarde desta quarta-feira (2), através de nota nas redes sociais do clube. Ao todo, o atleta realizou 96 partidas com a camisa do Manaus, ficando atrás apenas de Jonathan, com 124, na lista de jogadores com mais jogos no Esmeraldino.

Na Série C, Derlan atuou em seis partidas, sendo a última ainda no primeiro turno, na derrota por 1 a 0 contra o Remo-PA. O volante fez 19 jogos ao todo na atual temporada e, segundo a nota do Manaus, o jogador irá defender as cores do Moto Club-MA, próximo adversário do Fast no mata-mata da Série D.

Com identificação construída ao longo de sete temporadas, o único ano em que o atleta de 31 anos não esteve no Gavião foi em 2017, quando à época, estava atuando pelo São Raimundo e depois no Parauapebas, ambos do Pará.

O camisa 13 esteve no grupo que conquistou a Série B do Barezão em 2013, foi campeão Amazonense em 2018 e 2019 e, garantiu no mesmo ano do tricampeonato Estadual, o acesso à Série C de 2020, que ainda contou com o vice-campeonato da Série D. Derlan marcou 11 gols durante toda a trajetória no Gavião.

Mais um de saída

O volante é o quarto atleta que tem seu contrato rescindido no Manaus após a derrota para o Remo na última rodada, juntando-se ao lateral Tsunami, o meia Janeudo e o atacante Matheuzinho, além do técnico Luizinho Lopes. Para a conclusão da fase de grupos contra o Imperatriz-MA, o Gavião também não poderá contar com o zagueiro Thiago Spice, o volante Márcio Passos e o meia Gabriel Davis, que renovaram seus contratos, mas foram emprestados para outras equipes a fim de enxugar a folha salarial.

Além desses, Luís Fernando e Hamilton também serão desfalques por conta do terceiro cartão amarelo. Sem chances de classificação, o Manaus deverá contar com 15 atletas relacionados para o desfecho da fase de grupos na Série C.



Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.