Publicidade
Esportes
Craque

Derrota serviu para mostrar que evolui, diz lutador Hugo Matheus

Amazonense trata como 'somatório de experiência' a derrota sofrida para Felipe Portela (Ocsjj) pelo evento Fight Time 27, disputado no último dia 18, no Magic City Casino, em Miami, nos Estados Unidos 24/09/2015 às 15:54
Show 1
Hugo sonha em ter novas oportunidades de lutar fora do Brasil e crescer no MMA
Paulo André Nunes Manaus (AM)

O lutador amazonense Hugo Matheus tratou como “somatório de experiência” a derrota sofrida para Felipe Portela (Ocsjj) pelo evento Fight Time 27, disputado no último dia 18, no Magic City Casino, em Miami, Estados Unidos, pela categoria até 77 quilos.

“Sou da categoria até 70kg, mas acabei lutando na 77kg contra um ex-TUF (The Ultimate Fighter), o lutador Felipe Portela. Minha última luta havia sido no dia 5 de setembro. Acabei aceitado a disputa pelo Fight Time na semana do evento e acho que o pouco tempo de preparação, de foco, influenciou no resultado para o meu adversário”, conta Hugo Matheus.

Ele vinha de 4 vitórias consecutivas no MMA e a derrota veio por decisão unânime dos jurados. “Não deixei barata a derrota. Foi uma luta que levantou o público do Casino e considerada a melhor da noite”, comentou ele.

Aos 23 anos de idade, o manauara deve voltar a lutar em novembro, em data ainda a ser definida, pelo mesmo evento.

O amazonense foi aos Estados Unidos apenas para a luta e tem retorno previsto para esta quinta a Paranaguá, Paraná, onde ele reside. Hugo Matheus conta com apoio da Athos, Ocsjj e Multitrans. “Sem eles eu não teria conseguido chegar onde cheguei”, informou Matheus.

"Mais importante do que ganhar é fazer um bom trabalho. E esta luto serviu pra mostrar o quanto eu evolui na luta em pé. Foram três rounds de pura trocação”, disse.

Publicidade
Publicidade