Publicidade
Esportes
Craque

Derrotado em 2014 pelo Princesa, Baé quer revanche saudável na final do Campeonato Amazonense

Passados os ressentimentos da confusão, o jogador recorda a virada do Leão no ano passado como uma lição para a decisão deste ano e diz que espera uma revanche 12/06/2015 às 10:06
Show 1
Baé é um dos remanescentes do vice-campeonato do Princesa em 2014
Felipe de Paula Manaus (AM)

Revelado pelo Princesa, o volante Baé é um dos jogadores remanescentes do elenco de 2014, que foi vice-campeão amazonense em final disputada contra o Nacional e, infelizmente, marcada pela briga generalizada entre jogadores dos dois times.

Passados os ressentimentos da confusão, o jogador recorda a virada do Leão no ano passado como uma lição para a decisão deste ano e diz que espera, no melhor sentido da palavra, uma revanche pessoal neste sábado, às 15h, na Arena.

“Vai ter um gosto de revanche pra mim. Tive a oportunidade de jogar o primeiro jogo no ano passado, em que ganhamos de 2 a 0. No segundo fui pro banco e sofremos aquela virada que ninguém esperava. Estou no Princesa desde a base, sempre foi essa rivalidade contra o Nacional”, disse ele.

Ontem, o Princesa realizou treinamento no CT do clube, em Manacapuru. Dois jogadores ainda sofrem com dores, mas todos treinaram junto com o elenco. “Todo mundo quer jogar”, diz Baé, que destacou também a importância do treino no estádio do Gilbertão, recém entregue pelo Governo do Estado.“Voltamos pra casa né? É bom porque é um pouco do que vai ser o jogo, em termos de noção de espaço e trabalho pra ser definido na partida”, avaliou.

Publicidade
Publicidade