Publicidade
Esportes
Craque

Desafio vôlei 4x4 no AM

Brasil vence a Argentina e conquista o bicampeonato do Desafio Internacional 16/06/2013 às 17:42
Show 1
O selecionado brasileiro não deu chances à seleção da Argentina
acritica.com Manaus (AM)

No primeiro de quatro jogos-exibição que serão realizados pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) em 2013, o Brasil brilhou nas areias da Praia da Ponta Negra, na manhã deste domingo (16), e conquistou o bicampeonato do Desafio Internacional de Vôlei 4x4, após derrotar seu maior adversário, a Argentina. O título veio após o País Canarinho marcar 2 sets  a 1, com parciais de  21/14, 21/23 e 15/12, em 68 minutos de
jogo.

No duelo, o time da “casa” foi defendido por Fábio Luiz (prata em Pequim 2008), Bruno de Paula, Mari Paraíba e Natasha, enquanto que o quarteto dos Hermanos era formado por Pablo Bianch, Julian Azaad, Ana Gallay e Alejandra Graino. Mas, a grande atração da partida foi Mari Paraíba, que estreou nas areias depois de migrar das quadras, no ano passado.

“Eu estava ansiosa antes do jogo, mas, assim que começou a partida, consegui me soltar e me concentrar no que tinha de fazer. Foi um prazer enorme jogar ao lado do Fábio Luiz, um medalhista olímpico, do Bruno, que é também um atleta da terra e da Natasha", disse Mari Paraíba.



Outro destaque do dia foi Bruno de Paula, o “paredão”, como foi chamado durante toda a partida da manhã, é amazonense e há 13 anos mora em Fortaleza. Desde 2011 que o atleta não defendia uma partida em Manaus. Para Bruno, jogar e vencer em casa tem um gostinho muito mais especial.

“Eu estava muito ansioso antes de entrar em quadra, pois estava com uma responsabilidade muito grande de jogar em casa. Já joguei na Suíça e outras parte do mundo, mas pode ter certeza que não tem lugar que eu mais me emocione e me sinta tão realizado quanto aqui”, disse o atleta, que está em processo para ser o mais novo beneficiário do Bolsa Atleta Municipal da Prefeitura de Manaus.

Segundo o presidente da FAV, Tadeu Picanço, a CBV e os parceiros das empresas privadas cada vez mais se interessam em trazer eventos nacionais e internacionais para a terrinha baré. O motivo? Além da infraestrutura garantida, a torcida faz a diferença.



“Hoje nós conseguimos reunir uma média de quatro mil pessoas para assistir o Desafio, e a CBV fica encantada com isso. Temos, dessa forma, uma abertura muito grande com a entidade e conseguimos conquistar mais coisas para o Amazonas”, destacou Tadeu.

De acordo com a CBV, os outros jogos-exibição do Desafio Internacional, ainda sem adversários definidos, serão realizados no decorrer do ano em Porto Velho (RO), Palmas (TO) e Americana (SP).

Publicidade
Publicidade