Publicidade
Esportes
Craque

Dirigentes e técnicos comemoram apoio prometido às categorias de base dos clubes amazonenses

Anúncio de apoio da prefeitura aos times de futebol faz com que haja mais valorização das jovens promessas que ainda sonham em se tornar jogador de futebol no Amazonas 29/01/2013 às 19:07
Show 1
Garotada da base promete ser valorizada em 2013
Anderson Silva Manaus (AM)

Dirigentes e técnicos dos clubes amazonenses que desenvolvem trabalhos de base estão felizes com o apoio prometido pela Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej) às categorias de base do futebol, anunciada nesta segunda-feira (28). O patrocínio que será oficializado na próxima sexta-feira (01) promete reduzir os gastos dos clubes, como a despesa de arbitragem, e dá suporte em diversas áreas como auxílio psicológico e fisioterapéutico, além de captar recursos com empresas privadas.

Colaborando com o sonho dos jovens amazonenses em se tornarem profissionais há mais de 18 anos, o técnico das divisões de base do Fast Clube, Marcelo Galvão, acredita que com o apoio haverá mais motivação por parte dos jogadores

 “Acredito que a base terá um recomeço. Com esse apoio vamos deixar de pagar a arbitragem que em uma rodada dupla pagava-se R$ 300. Com o apoio, até mesmo financeiro, vamos motivar mais os atletas que vão saber que se ganhar uma competição terão passagens aéreas para disputar um torneio nacional”, disse o treinador que em 1998 quando comandava a base do São Raimundo revelou o meia Roberto Dinamite, hoje no Nacional.

Aproveitando a motivação dos trabalhos na equipe profissional, o supervisor do São Raimundo, Cláudio Silva, afirma que todas as competições serão disputadas. Ao contrário do ano passado, quando o time não disputou às categorias de base, a meta é fazer futebol até o final de 2013.

“Infelizmente os clubes poderiam estar em situações melhores e não depender do poder público, mas por questões de dificuldades essa ajuda passa a ser a principal receita. A nossa meta é fazer futebol o ano inteiro. Estamos acertando para que o técnico Eduardo Clara comande a base no segundo semestre”, declarou o dirigente.

O vice-presidente e patrono do Tarumã, José Correia, conhecido como Zezinho, que sempre esteve à frente das categorias de base, ainda sem acreditar muito no apoio prometido quer que surjam novos jogadores.

“Se for verdade e realmente acontecer quem só tem a ganhar é o futebol. Acredito que com essa ajuda mais clubes vão participar e vai contribuir bastante para que surjam novos jogadores”, disse o dirigente desconfiando do apoio.

Com a compra das passagens aéreas ao menos será evitada que algum clube do Amazonas passe pelo mesmo problema ocorrido no início deste mês de janeiro, quando a equipe do Nacional na disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior teve alguns jogadores esquecidos pela diretoria do clube nos aeroportos de São Paulo.

Publicidade
Publicidade