Sábado, 22 de Janeiro de 2022
FORA DE VEZ

Dirigentes estendem afastamento de Rogério Caboclo da presidência da CBF até março de 2023

Votação foi unanime e na prática encerra a passagem de Caboclo pela entidade, já que o mandato dele vai até abril de 2023



1486786879-60b015611f392_1B8A206A-20B4-42DC-B14B-390BD6D67DA4.jpeg Foto: Lucas Figueiredo / CBF
29/09/2021 às 17:17

Em assembleia geral realizada nesta quarta-feira (29), dirigentes das 27 federações estaduais de futebol do Brasil votaram por unanimidade no afastamento de Rogério Caboclo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) até março de 2023. Na prática, a decisão encerra de vez a passagem do dirigente pelo cargo, pois o mandato dele vai até abril do mesmo ano.

Caboclo estava afastado da entidade desde junho, por conta de uma acusação de assédio contra uma funcionária da CBF. Na assembleia desta quarta-feira (29), o dirigente foi impedido de participar e teve que ser representado por seus advogados.

Além da acusação de assedio, ele também é acusado por outro funcionário da entidade de assédio moral, além de usar – de maneira indevida – recursos da CBF para a compra de bebidas alcoólicas para seu próprio consumo.



News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.